segunda-feira, 28 de setembro de 2009

MS ocupa o ranking de municipios com bibliotecas

Dados do Anuário de Estatísticas Culturais do País 2009, divulgado neste mês pelo Ministério da Cultura, mostram que Mato Grosso do Sul ocupa a terceira colocação em relação a bibliotecas públicas, com 96,15% dos municípios com pelo menos uma unidade em funcionamento. O Rio de Janeiro e o Espírito Santo aparecem empatados em primeiro lugar com 100% das cidades e, em segundo lugar, ficou Pernambuco (97%). O Amazonas ocupa a última posição com apenas 59,68%. De acordo com o secretário de Políticas Culturais do Ministério da Cultura, José Luiz Herencia, a meta da pasta é zerar o número de municípios sem biblioteca pública até o fim de 2009. Em números absolutos, são 4.951 bibliotecas. Minas Gerais é o Estado com o maior número, com 793. Quatro Estados do Sul e Sudeste (Minas Gerais, São Paulo, Rio Grande do Sul e Paraná) concentram quase a metade das bibliotecas públicas do País.Em relação a museus, entre 2005 e 2006, cresceu em 7% o número de municípios brasileiros que têm museus. São 1.496 unidades espalhadas em 1.219 cidades, a maior parte concentrada em São Paulo (410), no Rio Grande do Sul (358), em Minas Gerais (308) e no Rio de Janeiro (194). Na outra ponta está Roraima, com apenas três museus. No País, 21,9% dos municípios têm pelo menos um museu. A melhor distribuição está no Rio Grande do Sul, onde 46,17% das cidades contam com esse centro de conhecimento. Em seguida aparecem o Rio de Janeiro (42,39%), Santa Catarina (38,91%) e o Espírito Santo (34,62%).

Cinema mais barato amanhã

Nas terças feitas deste mês de setembro, dias 1º, 8, 15 e 22, a promoção Terça na Tela do Cinemark garantiu desconto no preço dos ingressos, em todas as sessões. Amanhã, dia 29, é o último dia da promoção neste mês de setembro. A entrada inteira custa amanhã R$ 6,00 e a meia, R$ 3,50.

Santo de Casa apresenta o show A Deriva, e lança CD

Projeto do Governo do Estado, realizado pela Fundação de Cultura de Mato Grosso do Sul (FCMS), o Cena Som da próxima quinta-feira (01/10) apresenta o show “À Deriva” e lançando o 1º CD da Banda Santo de Casa, a partir das 20 horas, no Teatro Aracy Balabanian, do Centro Cultural José Octávio Guizzo. O ingresso com o CD terá o valor único de R$ 7,50. A classificação do show é livre e tem duração aproximada de 70 minutos. A proposta do show “À Deriva” é fazer um “passeio” pela história da banda, através de seu repertório, misturando ritmos, levadas, performances e interação com o público, englobando o cenário, figurinos e adereços que se integram à proposta da banda.O som do Santo de Casa é influenciado por incontáveis referências que vão dos clássicos como Beatles, Pixies, The Police, The Smiths, The Cure, Rem, Mutantes, Secos e Molhados, Ramones, passando pelo Rock Nacional dos anos 80, MPB, Roberto Carlos, Tim Maia, Reague, Ska a bandas mais atuais como Los Hermanos, Strokes, Weezer e Queens of the Stone Age, isso fora influências inconscientes.A banda Santo de Casa completa 3 anos de atividades em 2009, sempre fiel ao propósito inicial de que é possível tocar e cativar o seu público cantando apenas músicas próprias. Nesse período a banda fez muitas conquistas importantes, participando de diversos eventos e dos Festivais de Inverno de Bonito e o América do Sul em Corumbá. Em 2007 fizeram a da gravação do CD Demo e em 2008 realizaram a gravação do 1º CD com recursos da Fundação de Cultura de Campo Grande (FUNDAC).Os integrantes são remanescentes de outras bandas e grupos que registraram ou ainda registram sua marca no cenário local, tais como: Piá Pançudo, Cabaleros, Arara Rara, Clandestino e Casa Teatro Circo. Atualmente a banda é composta por Rodrigo Kampa (voz, violão), Villie Júnior (baixo), Luciana Kreutzer (voz e percussão), Franklin Brasil (guitarra) e “Zig” Ronan Júnior (bateria).Mais informações podem ser obtidas no Centro Cultural José Octávio Guizzo que fica na rua 26 de Agosto, 453. Centro. Telefone (67) 3317-1792.

Eletrosul lança projeto de geração de energia solar

A Eletrosul, a Universidade Federal de Santa Catarina (UFSC) e o Instituto para o Desenvolvimento de Energias Alternativas da América Latina (Ideal), lançaram , o projeto Megawatt Solar. Participaram do evento especialistas no tema, representantes da área de engenharia, estudantes e convidados. O projeto batizado de Megawatt Solar pretende dotar o prédio do edifício-sede da Eletrosul e os estacionamentos de placas solares que transformaram a energia solar em energia elétrica. A energia gerada será suficiente para tornar o prédio auto-suficiente. A viabilidade financeira do projeto está sendo analisada pelo banco alemão KfW, que já disponibilizou 2,8 milhões de euros a fundo perdido para o projeto. Ronaldo Custódio, diretor de Engenharia da Eletrosul explica que para a implantação do projeto serão necessários entre 15 e 20 milhões de reais. “Hoje, a energia solar ainda é bastante cara, mas a partir do interesse das empresas em associar sua imagem às fontes alternativas de energia, este custo será reduzido”. Uma das propostas é vender a energia excedente para consumidores livres como empresas. O Megawatt Solar deve gerar em média, por ano, 1,2 GWh, o que equivale ao consumo anual de cerca de 400 residências. O professor Ricardo Rütter, pesquisador dos Laboratórios de Eficientização Energética em Edificações (LabEEE) e de Energia Solar (LabSolar) da UFSC, diz que a idéia da parceria surgiu a partir da evolução da importância do tema energia solar nos últimos 20 anos. “Queremos buscar parcerias para viabilizarmos o projeto”. Para o especialista em energia solar, Hans Dieter Rahnn, de Porto Alegre, “até 2015 o custo da energia solar deverá ser o mesmo da energia elétrica”. O diretor de Operações da Eletrosul, Antonio Vituri, lembrou que a Eletrosul tem interesse de colocar toda a energia produzida à disposição de interessados. “Com o projeto-piloto, iniciado em março deste ano, a Eletrosul já gerou 7,3 megawatts de energia solar. E queremos gerar muito mais”, salienta. Vituri explicou que o Projeto Megawatt Solar apresenta benefícios para a natureza, para a imagem das empresas e para a sociedade. “Nosso projeto ainda depende de aprovação da Eletrobrás, mas acreditamos na viabilidade do projeto, tanto técnica quanto financeiramente”. Em sua fala, o presidente da Eletrosul, Eurides Mescolotto, afirmou que a Eletrosul aposta em fontes alternativas de energia como a solar e a eólica, entre outras. “O Brasil tem um grande potencial e estamos vislumbrando um futuro para as fontes alternativas”. Já o reitor Álvaro Prata disse que a “iniciativa da Eletrosul é ousada e muito importante para que as pessoas conheçam e desenvolvam ações concretas para um futuro melhor”. Energia eólica Na oportunidade, o diretor de Engenharia da Eletrosul, Ronaldo dos Santos Custódio lançou o livro “Energia Eólica para Produção de Energia Elétrica”. Editado pela Eletrobrás, a obra agrega teoria e prática, fundamental para avançar os estudos e o desenvolvimento da energia eólica, sistematizando em 12 capítulos, parâmetros para projetos de fazendas que utilizam o vento como matéria prima. Estudos minuciosos sobre terreno e sua influência no vento; os ventos, os aspectos probabilísticos e características; a disposição das máquinas no parque eólico para maior eficiência da usina, tipos de máquinas, critérios para definição das distâncias entre os aerogeradores e estudos de conexão da usina na rede são as linhas mestras do trabalho. A obra já foi lançada no Rio Grande do Sul, Paraná, Brasília e chega agora à Santa Catarina. A distribuição do livro é gratuita e todas as universidades públicas do país já receberam exemplares. Segundo Ronaldo, por se tratar de um livro técnico, foi priorizado o contato com as classes envolvidas, no caso engenheiros e comunidade acadêmica, como forma de disseminar o conhecimento para o estudo da energia eólica no Brasil. “Creio que a grande contribuição deste livro é o de formar uma literatura nacional sobre o tema, pois tudo o que há está escrito está em inglês e alemão. E tenho certeza que este será um campo muito promissor de futuro para o Brasil e para todos os países, pois o vento é uma grande fonte de energia”, explica Ronaldo. Projeto-piloto já está funcionando Um convênio assinado entre a Eletrosul e a Fundação de Amparo à Pesquisa Universitária (FAPEU) por meio dos Laboratórios de Eficientização Energética em Edificações (LabEEE) e de Energia Solar (LabSolar) da UFSC, com o acompanhamento do Instituto para o Desenvolvimento de Energias Alternativas da América Latina (Ideal), permitiu o desenvolvimento de um projeto-piloto que transforma a energia solar em energia elétrica utilizando placas fotovoltaicas. Pelo projeto, iniciado em fevereiro deste ano, foram instaladas placas numa área de 230,6m², montada sobre a passarela de pedestres, na sede da Eletrosul em Florianópolis, que serviram de laboratório para o Megawatt Solar. Os valores do convênio com a FAPEU e de instalação da planta-piloto foram, respectivamente de R$ 27 mil e R$ 372 mil respectivamente, o que permitiu a geração do primeiro megawatt-hora em energia renovável em março deste ano. Desde que o projeto foi implantado, já foram gerados 7,3 megawatts. A planta piloto possui 88 módulos de silício amorfo de 136 Wp (watt-pico), totalizando 11.968 Wp de potência instalada. Estes módulos estão ligados a três inversores de frequência que fazem a interligação da planta piloto com o edifício-sede da Eletrosul. Espera-se que a planta piloto gere 15MWh de energia elétrica por ano, suficiente para alimentar 5 residências (com consumo médio de 250 kWh/mês) no mesmo período, além de evitar que até 5,9 toneladas de gás carbônico (CO2 ) sejam lançadas anualmente na atmosfera.

Prefeitura organiza Feira de Artesenato para os servidores

Os servidores municipais estão se preparando para a 1ª Feira de Artesanato da categoria que vai acontecer de 7 a 9 de outubro no Armazém Cultural, na Esplanada da Ferrovia. A programação do evento prevê a divulgação e comercialização de produtos artesanais, além de apresentações culturais, com música, dança e teatro. O horário será das 14:00 horas às 21:00 horas.A 1ª Feira de Artesanato faz parte do programa “Qualidade de vida do servidor”, instituído pelo decreto nº 10.236, de outubro de 2007, assinado pelo secretário Jorge Martins e pelo prefeito Nelson Trad Filho. A coordenação, supervisão e gestão da feira estarão a cargo da Secretaria Municipal de Administração (Semad), que conta com a parceria da Fundação Municipal de Cultura (Fundac). Os objetivos do evento são a divulgação dos talentos e habilidades dos servidores artesãos, a integração, valorização e contribuição do poder público para a geração de renda e a adoção de novas formas de intervenção no campo de trabalho. De acordo com o secretário Jorge Martins, a meta principal é promover um aumento no grau de satisfação dos servidores municipais, que acaba se refletindo na interação com o trabalho, a família e a sociedade.A Secretaria de Administração registrou a inscrição de 90 servidores para a feira, inclusive dos funcionários aposentados. Serão expostos trabalhos em tricô, crochê, biscuit, bijuterias, decoupage, esculturas, pinturas, arranjos florais, peças em argila, bordado, enfeites natalinos e diversos tipos de doce.“Os servidores estão muito envolvidos, muito empolgados com o evento, é uma ação pioneira que pretendemos continuar nos próximos anos”, revela a chefe da Divisão de Desenvolvimento e Valorização de Pessoas da Semad, Sheila Assem. Segundo ela, a iniciativa faz parte da “política de desenvolvimento de recursos humanos da secretaria de administração que busca valorizar o servidor”.Nos dias da feira os funcionários artesãos serão dispensados do ponto de freqüência na prefeitura. Os interessados em obter mais informações sobre a realização da exposição podem ligar para o número 3314-3566.

peça de Eri Johnson chega a capital

A comédia "Eri Pinta, Johnson Borda ", cujo protagonista é o ator global Eri Johnson e que foi sucesso no Rio de Janeiro e São Paulo, estará em Campo Grande, no Palácio Popular da Cultura, no dia 03 de outubro, às 21:30h. Os ingressos estão à venda no Shopping e até 01 de outubro podem ser adquiridos com cartão de débito Visa Electron, Mastercard Maestro, Rede Shop e Dinners. Na stand up comedy o ator conta e interpreta, de uma forma muito engraçada, a sua trajetória artística. E, para delírio da platéia, ele relembra no palco alguns dos seus famosos personagens. Para aqueles que gostam das tão famosas imitações, dessa vez elas estarão inseridas no contexto da peça. Garanta já seu ingresso no quiosque que fica no 1º piso, em frente à Riachuelo. Para maiores informações, ligue 3326-0105.

Festival da canção do servidor inicia nova fase

As festividades do Dia do Servidor Público Estadual terão neste ano a quinta edição do Festival da Canção. A atração, que é uma vitrine de descoberta e valorização de talentos, apresenta uma novidade em 2009. Na fase eliminatória, de 28 de setembro a 12 de outubro, os concorrentes se inscrevem por meio de videoclipes postados na internet. As gravações poderão ser feitas com qualquer tipo de filmadora, inclusive de celular.Essa etapa vai selecionar 12 concorrentes, escolhidos por uma comissão julgadora, para a grande final. Serão seis indicados na categoria intérprete e seis bandas. O público também poderá votar, escolhendo o melhor videoclipe, independente da categoria, para ganhar um prêmio especial. A votação popular estará aberta de 13 a 18 de outubro. Na segunda-feira (27) a Secretaria de Administração do Estado (SAD) vai divulgar o endereço eletrônico para exibição dos vídeos e opinião do público. Será publicado um edital com todas as regras do festival. A coordenadora de Desenvolvimento de Recursos Humanos da SAD, Maria Madalena Xavier de Almeida, destaca que a inovação com uso do recurso da internet vai ser positiva especialmente para os servidores do interior. “Eles poderão se apresentar, mostrar o seu talento, sem precisar estar na Capital na primeira fase, e só se deslocar em caso de classificação para a final”, explica.A fase final ocorrerá no dia 27 de outubro, no Centro de Convenções Arquiteto Rubens Gil de Camillo, em Campo Grande, quando se apresentarão os seis selecionados de cada categoria. Também participará do show o concorrente mais votado pela internet. A comissão julgadora vai premiar três primeiros classificados de cada categoria. Para os intérpretes, a premiação é de R$ 1.500,00 para o primeiro lugar; R$ 1.000,00 para o segundo; e R$ 500,00 para o terceiro. Na premiação das bandas, serão distribuídos R$ 1.800,00 à primeira colocada; R$ 1.200,00 à segunda; e R$ 600,00 à terceira.

sexta-feira, 25 de setembro de 2009

Neste domingo tem caminhada pelo meio ambiente

Uma professora de educação física da rede municipal de ensino decidiu, sozinha, realizar uma manifestação em defesa do meio ambiente. Marinah Solon promoverá uma caminhada no próximo domingo (27/09), a partir das 16:00 horas. A largada será em frente ao paço municipal e vai percorrer a avenida Afonso Pena até o Postinho do Parque dos Poderes.A mobilização é em defesa do clima a visa sensibilizar as lideranças políticas sobre a necessidade de ações efetivas capazes de conter o aquecimento global. “Queremos pedir aos nossos governantes que definam metas consistentes e eficazes para o meio ambiente. Comecei sozinha essa luta, mas estou conseguindo várias adesões. É importante as pessoas se unirem, se solidarizarem”, reflete Marinah.O poder público municipal, representado pela Secretaria Municipal de Meio Ambiente, apoiou a idéia e vai doar cem mudas para que a professora possa distribuir durante a caminhada. Representantes da secretaria, como o titular da pasta, Marcos Cristaldo, e a chefe da Divisão de Políticas Sustentáveis e Educação Ambiental, Juliana Casadei, devem comparecer à manifestação.“A idéia é bacana, veio num bom momento em que estamos realizando diversas atividades comemorativas ao Dia da Árvore (distribuição de mudas e plantios coletivos). A caminhada fecha a semana com uma reflexão sobre o meio ambiente”, pontua Juliana.Marinah Solon também recebeu o apoio dos alunos da Escola Municipal Professora Oliva Enciso, onde leciona. “Os estudantes estão curtindo a idéia e se mobilizando. Pretendo debater com eles os efeitos do movimento para que percebam que as coisas acontecem quando decidem se mexer”.Para que dê tudo certo durante a manifestação, a professora precisa da colaboração da comunidade. “Gostaria de um ônibus para transportar as pessoas que não podem caminhar, de um carro de som, além da doação de copinhos de água mineral e de algum produto para sorteio”. Ela também lembra os participantes para que tragam câmeras fotográficas ou filmadoras para registrar o evento.Como surgiu a idéiaA Avaaz.org é uma rede de mobilização, on line, preocupada com problemas mundiais, que possui cerca de três milhões de membros de diversos países. No seu site a Avaaz.org se apresenta como capaz de emitir centenas de milhares de mensagens aos líderes políticos em um encontro internacional sobre o aquecimento global, organizar centenas de manifestações pelo mundo para impedir um genocídio, ou doar centenas de milhares de euros, dólares e ienes para apoiar protestos não violentos na Birmânia. A rede é composta por um grupo de coordenadores de campanhas globais sediados em vários países. Eles são responsáveis por identificar e desenvolver movimentos em defesa do meio ambiente e dos direitos humanos. Preocupada com a crise climática e o aquecimento global, a Avaaz criou a campanha “Tictactictac, hora de agir pelo clima” (www.tictactictac.org.br). Milhares de pessoas foram conclamadas a participar de uma mobilização global pelo clima no dia 27 de setembro.ServiçoQuem quiser participar da caminhada em Campo Grande contra o aquecimento global ou fazer algum tipo de doação para o evento pode ligar para Marinah nos números 3306-6242 e 9655-3147, ou mandar mensagens para marinahsolon@hotmail.com.

Santo de Casa apresenta o show A Deriva, e lança CD

Projeto do Governo do Estado, realizado pela Fundação de Cultura de Mato Grosso do Sul (FCMS), o Cena Som da próxima quinta-feira (01/10) apresenta o show “À Deriva” e lançando o 1º CD da Banda Santo de Casa, a partir das 20 horas, no Teatro Aracy Balabanian, do Centro Cultural José Octávio Guizzo. O ingresso com o CD terá o valor único de R$ 7,50. A classificação do show é livre e tem duração aproximada de 70 minutos. A proposta do show “À Deriva” é fazer um “passeio” pela história da banda, através de seu repertório, misturando ritmos, levadas, performances e interação com o público, englobando o cenário, figurinos e adereços que se integram à proposta da banda.O som do Santo de Casa é influenciado por incontáveis referências que vão dos clássicos como Beatles, Pixies, The Police, The Smiths, The Cure, Rem, Mutantes, Secos e Molhados, Ramones, passando pelo Rock Nacional dos anos 80, MPB, Roberto Carlos, Tim Maia, Reague, Ska a bandas mais atuais como Los Hermanos, Strokes, Weezer e Queens of the Stone Age, isso fora influências inconscientes.A banda Santo de Casa completa 3 anos de atividades em 2009, sempre fiel ao propósito inicial de que é possível tocar e cativar o seu público cantando apenas músicas próprias. Nesse período a banda fez muitas conquistas importantes, participando de diversos eventos e dos Festivais de Inverno de Bonito e o América do Sul em Corumbá. Em 2007 fizeram a da gravação do CD Demo e em 2008 realizaram a gravação do 1º CD com recursos da Fundação de Cultura de Campo Grande (FUNDAC).Os integrantes são remanescentes de outras bandas e grupos que registraram ou ainda registram sua marca no cenário local, tais como: Piá Pançudo, Cabaleros, Arara Rara, Clandestino e Casa Teatro Circo. Atualmente a banda é composta por Rodrigo Kampa (voz, violão), Villie Júnior (baixo), Luciana Kreutzer (voz e percussão), Franklin Brasil (guitarra) e “Zig” Ronan Júnior (bateria).Mais informações podem ser obtidas no Centro Cultural José Octávio Guizzo que fica na rua 26 de Agosto, 453. Centro. Telefone (67) 3317-1792.

Peça Manual de Barros é apresentada domingo

A Arte Riso – Companhia de Animação em parceria com a Fundação de Cultura de Mato Grosso do Sul (FCMS) apresenta no próximo domingo (27), o espetáculo teatral "Manual de Barro (sem palavra)", às 16h e 20h, no Teatro Aracy Balabanian do Centro Cultural José Octávio Guizzo. O espetáculo tem classificação livre e duração aproximada de 50 minutos.Inspirado em poema de Manuel de Barros, a peça “Manual de Barro (sem palavra)” traz o teatro de formas animadas, utilizando máscaras, bonecos e objetos, iluminação e trilha sonora especial. Com os personagens do andarilho, do menino e do velho, o enredo percorre um mundo mágico e lúdico, explorando imagens, gestos, música, ritmo, efeitos de luz e o silêncio. A direção é de Marcos Moura.Todo o charme e graça do espetáculo estão na sutileza de cada boneco, em sua cumplicidade com os atores-manipuladores. O andarilho encarrega o menino de entregar ao velho poeta o “MANUAL DE BARRO”. Mas, para isso a criança enfrentará uma jornada com diversas aventuras até chegar ao seu desafio de ficar frente a frente com o velho poeta. O pequeno percorre um universo surreal, um mundo mágico e lúdico, ao qual, objetos, bonecos gigantes, espectros de luzes interagem nesse mundo imagético. Manual de Barro mostra os conflitos e anseios de um velho poeta. O roteiro foi inspirado no poema “Introdução a um caderno de apontamento” de Manoel de Barros.A peça percorreu 15 cidades em 2008, através projeto Sesi Bonecos, o maior festival de bonecos do BrasilA a Companhia Arte Riso também apresentou-se no mês passado no Parque das Nações Indígenas na edição Sesi Bonecos 2009.Os ingressos custam R$ 20 (inteira) e R$ 10 (meia). Mais informações podem ser obtidas no Centro Cultural José Octávio Guizzo, na rua 26 de Agosto, 453 ou pelo telefone 3317-1792 de terça a sábado das 8h às 22h e domingo das 14h às 19h.

quinta-feira, 24 de setembro de 2009

Taques lança livro em homenagem a Manoel de Barros

O livro "Vaso de Colher Chuvas", do jornalista Luiz Taques, foi lançado na noite de ontem em Corumbá, durante ato no Centro de Convenções do Pantanal de Corumbá Miguel Gómez, como parte das comemorações do aniversário da cidade (completou 231 anos na segunda-feira, 21 de setembro), e das celebrações de inauguração do centro, ocorrida no domingo.Corumbaense, Taques, em seu livro, faz um passeio "pelo mundo de Manoel de Barros", segundo ele, resultado das muitas conversas com o poeta. Para ele, escrever o livro "foi uma homenagem a um grande amigo", que sempre o surpreende pela "generosidade".O livro retrata os contos-reportagem escritos durante 12 anos, publicados no jornal Folha de Londrina e na Revista Caros Amigos entre os anos de 1995 e 2005. Hoje, Taques reside em Londrina e observa que "Vaso de Colher Chuvas" revela "impressões únicas do poeta indignado pela mesmice das palavras".O lançamento do livro contou com as presenças do secretário Carlos Porto, de Relações Institucionais, amigo particular de Taques, além da presidente da Fundação de Cultura e Turismo do Pantanal de Corumbá, Ligia Maria Baruki e Melo, e da superintendente de Cultura, Heloisa Helena da Costa Urt. Presentes também, familiares e amigos do autor, como também do editor do livro, jornalista Joel Gehlen. Carlos Porto representou o prefeito Ruiter Cunha que se encontrava em outro evento no Centro de Convenções. Ruiter, tão logo deixou o auditório Águas do Pantanal, palco da abertura do I Seminário sobre Abuso e Dependência de Drogas entre Crianças e Adolescentes, parabenizou o jornalista pelo trabalho e adquiriu dois exemplares, um para ele e outro para a primeira dama Beatriz Cavassa de Oliveira, secretaria especial de Integração das Políticas Sociais, autografados por Taques e pelo editor.

Gobstopper e Mandioca loca tocam no som da Concha

O Som da Concha – projeto do governo do Estado desenvolvido pela Fundação de Cultura de Mato Grosso do Sul - apresenta neste domingo (27 de setembro) o pop urbano do grupo Gobstopper e balanço eclético do Mandioca Loca a partir das 17h30 na Concha Acústica Helena Meirelles, no Parque das Nações Indígenas.Formada em 2007 pelos integrantes Nico Jr., Leco Plaça e Marcel Medeiros, a Gobstopper utiliza-se de referências como filmes, cultura pop e acontecimentos do cotidiano urbano em suas canções. Além de influências claras como Los Hermanos e The Strokes, se baseiam nos sons de bandas diversas como Pato Fu, Gram, Enon, Jesus And Mary Chain, Hot Hot Heat, Tahiti 80, Luisa Mandou Um Beijo, Arctic Monkeys, Silverchair, Chico Buarque, Kings Of Leon, Radiohead e várias outras.O resultado dessa mistura é algo que costumam chamar de “Chocorrock”. A Gobstopper apresenta um belo trabalho autoral, como as músicas "Mais Dois Minutos", "Como Vai Você?", "Sensação de Perda" e "Esse Carnaval", todas essas disponíveis no www.myspace.com/bandagobstopper.Formado por Rodrigo Teixeira (voz, violão e guitarra), Fernando Bola (bateria e vocal), Anderson Rocha (guitarra) e Alex Mesquita (baixo), o Mandioca Loca é uma mescla sonora pantaneira universal. A banda fabrica uma goma concentrada que só podia sair do forno do Cerrado. Na batedeira do Mandioca vai de tudo: é polca-rock-punk-funk-guarania-folk-music.No show deste domingo o grupo contará com as participações especiais de Rolando Chaparro (Paraguay), Filho dos Livres e Jerry Espíndola. O espetáculo espaço para composições do último disco, formado por músicas próprias e releituras de compositores sul-mato-grossenses. O álbum, gravado no Estúdio 45, em Campo Grande, entre abril de 2007 e junho de 2008, foi produzido de forma independente e pode ser conhecido no http://www.myspace.com/431190751 A banda já participou de vários eventos, como o Rock no Horto, Festival de Inverno de Bonito, Sesc Encena, Festival América do Sul e Tributo Alex Batata, em casas noturnas como o BarFly, Café Moinho e Sarau do Zé Geral e em locais como a Praça do Peixe, Chácara Bar e Praça Ary Coelho. Som da ConchaO projeto é uma realização da Fundação de Cultura de Mato Grosso do Sul, que prevê apresentação de shows em domingos alternados que dão origem a um programa de televisão gravado ao vivo, exibido pela TV Pantanal no canal 14 da Net.Serviço: A Concha Acústica Helena Meirelles, unidade da FCMS, fica na Rua Antônio Maria Coelho, 6000, no Parque das Nações Indígenas. A entrada para os shows é gratuita.

quarta-feira, 23 de setembro de 2009

Domingo Cultural traz Barulho Zen e a Companhia Dançurbana

O projeto Domingo Cultural na Feira Central traz nesse domingo (27), a partir das 19h30 a banda de pop rock Barulho Zen e a companhia de dança de rua Dançurbana. O Domingo Cultural é realizado pela Prefeitura Municipal de Campo Grande, por meio da Fundação Municipal de Cultura - Fundac.Uma das atrações da noite, o grupo de dança de rua Cia. Dançurbana, criado em 2002, através de um curso de verão realizado pelo Grupo Funk-se tem em sua formação jovens provenientes de projetos sociais realizados nas periferias de Campo Grande. A Companhia é um agrupamento daqueles que se destacaram pelo seu empenho, participação e engajamento pela arte. No show estarão presentes alunos das oficinas realizadas pela Fundac e ministradas por professores da companhia. A Cia. traz uma nova proposta para o segmento do Hip Hop sul-mato-grossense, novas buscas de linguagens e vivencias corporais incorporando essa nova proposta em seus trabalhos e criações. A banda Barulho Zen é formada por Nando Mendes no violão, bandolim e voz; Jenner Melo no teclado e voz; Luis Fellipe "Pento" a frente da Bateria e percussão; e os irmãos Diego e Douglas Ciaparini na guitarra e baixo, respectivamente. As composições abordam temas universais, falando principalmente sobre o cotidiano dos jovens. O som da banda é bastante influenciado por Nando Reis, principalmente em seus últimos trabalhos.

Quinta tem Sarau dos Amigos

A vigésima primeira edição do Sarau dos Amigos se une a programação da Semana da Juventude, que traz como destaque uma exposição de artesanato das UNEIS de Campo Grande. O encontro cultural acontece nesta quinta-feira, 24 de setembro, das 19h às 22h, no bairro Universitário em Campo Grande. A entrada é um quilo de alimento, destinados às famílias atendidas pelos Vicentinos. Em comemoração ao dia da árvore, a família de jardineiros e paisagistas do Recanto das Mudas vai distribuir várias espécies de Neem Indiano. A árvore é uma fonte bio-pesticida e medicinal, também utilizada na arborização urbana. Nesta edição do Sarau dos Amigos o circo tem espaço com o ator e circense Ulisses Nogueira, da Circo Escola Pantanal, que faz alguns números de pirofagia. A dança do ventre é destacada com o Studio Nidal Abdul. Já o teatro é representado pelas atrizes Kely Zerial e Thathy D. Meo, artistas voluntárias do Núcleo Teatral Sarau dos Amigos, que realizam intervenções cênicas no espaço. O músico e ator Juninho Patrício apresenta um texto de comédia “stand up”. Na varanda do Sarau acontece a exposição “Minha vida é andar por esse país: Brasil em recordações”, do artista plástico Jean Lima (Mão). O trabalho é resultado de viagens e militância no movimento estudantil. Estão confirmadas apresentações da banda Aslima (Rock e Pop), João Gustavo e Gabriel (Sertanejo), Lizandra Garcia (Pop e MPB), Moleque Sensação (Samba e Pagode), além do tradicional espaço para as palinhas. O FORMADS – Fórum de Meio Ambiente e Desenvolvimento Sustentável de MS divulga a Campanha Guariroba Vivo, que visa preservar o principal abastecedor de água potável de Campo Grande. Serviço: O Sarau dos Amigos acontece toda última quinta-feira do mês, das 19h às 22h, no bairro Universitário, em Campo Grande. A entrada é um quilo de alimento não perecível. O endereço é rua Elvira Matos de Oliveira, 927 (atrás da Escola José Barbosa Rodrigues, na casa do ator e jornalista Eduardo Romero). Informações pelos telefones 9619-6703 ou 9936-3909. Mão O artista plástico Jean Lima, também conhecido como “Mão” é bacharel em Artes Visuais, com especialização em Imagem e Som na UFMS. Recentemente participou da 5ª Bienal de Artes da UNE, na cidade do Rio de Janeiro-RJ. Fez uma série de intervenções urbanas nas cidades de Cuiabá e Várzea Grande no Mato Grosso. Ele realiza diversas artes em graffite em Campo Grande. Semana da Juventude De 20 a 27 de setembro estão sendo realizadas atividades em diversos espaços e com variados segmentos da juventude e tem como objetivo aproximar o Conselho Municipal da Juventude da Juventude da Capital e proporcionar protagonismo e visibilidade para as entidades e organizações de juventude atuantes. UNEIS Os trabalhos artesanais de pintura em tecido, mini esculturas, caixas de presente, porta jóias, porta retratos, entre outros, são desenvolvidos em todas as UNEIS - Unidades Educacionais de Internação Provisória de Campo Grande (UNEI Dom Bosco, UNEI Novo Caminho, UNEI Feminina Estrela do Amanhã e UNEI Provisória Novo Caminho), tais atividades são fundamentais para o desenvolvimento cognitivo e motor dos adolescentes, são caracterizadas como atividades de Terapia Ocupacional. Recanto das Mudas Uma família unida em torno de plantas ornamentais. No início era apenas o casal no cultivo e comercialização. Dezesseis anos depois é comandada pelo pai, Sr. Arlindo, e três de seus quatro filhos. A família faz parte do público cativo do Sarau dos Amigos, arrastando sempre novos espectadores para o encontro cultural. Núcleo Teatral Sarau dos Amigos Segundo a atriz e diretora teatral Thathy D. Meo o objetivo do núcleo é abrir espaço de intercâmbio e oportunidades para diversos atores de Campo Grande. Nesta edição do Sarau o grupo vai fazer um cadastro de pessoas interessadas. Campanha Guariroba Vivo É preocupante a velocidade do avanço da degradação nos afluentes que pertencem à bacia do Guariroba. Resultado da ação irresponsável do homem, as atividades econômicas estão criando o grave risco de um colapso no fornecimento da água que abastece Campo Grande. A Bacia do Guariroba, com extensão de 36 mil hectares é responsável pelo abastecimento de 54% da água potável da cidade. O assoreamento dos recursos hídricos causa degradação ambiental, comprometendo a quantidade e qualidade da água utilizada na Capital. Circo Escola Pantanal A escola funciona a um ano em Campo Grande. Atualmente atende à comunidade em geral com aulas de circo voltadas para a saúde e preparo físico. Também sedia a Heyokah Cia de Artes Cênicas, que deu origem às diversas atividades da escola. Dois projetos importantes acontecem no espaço: Circo Escola Especial, que atende crianças da Escola Raio de Sol (Pestalozzi) e o Circo Escola com apoio do FMIC, para alunos de escolas públicas do município. Banda Aslima Amigos unidos pela música, estudantes do mesmo colégio resolvem criar uma banda para poderem se expressar. Aslima é um grupo formado no começo de 2009. A banda promete envolver o público do sarau com um ritmo contagiante com base no velho e bom Rock Pop. Os membros são Andrey (Guitarra e Vocal), Johnny (Vocal), Johnny W. (Baixo), Leandro (Guitarra) e Henrique (Bateria).

Espaço da poesia divulga obras de autores regionais

Nesta sexta-feira (25), às 19 horas, o governo do Estado, por meio da Fundação de Cultura de Mato Grosso do Sul (FCMS), realiza o Espaço da Poesia, projeto que leva para o terraço do Memorial da Cultura e da Cidadania apresentações em torno da arte literária e seu intercâmbio poético com outras manifestações artísticas. Personalidades da literatura regional marcarão presença nesta edição da iniciativa cultural, na divulgação da Revista da UBE-MS (União Brasileira de Escritores), patrocinada com o Fundo de Investimentos Culturais do Governo do Estado de Mato Grosso do Sul (FIC-MS).A UBE-MS é uma entidade literária que tem como filiados escritores de todo o Mato Grosso do Sul. Nesta primeira edição, a revista traz trabalhos ficcionais de 23 autores associados à entidade. O volume de 120 páginas compreende duas partes: prosa e poesia. Na primeira parte, contos e crônicas, e na segunda, os poemas. Alguns autores trouxeram simultaneamente trabalhos em prosa e em poesia.A revista reúne numa só obra a demonstração do trabalho literário dos associados, que publicam sem periodicidade suas obras. Ela tem ainda o propósito de difundir os já conhecidos e prestigiados trabalhos de autores sul-mato-grossenses, e também seus livros. A obra não será comercializada e sua distribuição destina-se exclusivamente a bibliotecas de escolas e universidades não só de Mato Grosso do Sul, como também de outras unidades da Federação.Ainda na programação do evento está prevista a declamação de poesias com Elisabeth Fonseca, a apresentação do trio musical dos instrumentistas de Amambai, Júnior (violonista) e André (violonista) e da cantora Franciele, que irão tocar diversos gêneros e também música regional e do Grupo Bailah, grupo de dança de salão da Universidade Federal de Mato Grosso do Sul (UFMS), que fará demonstrações de Salsa, Meregue e Tango, dirigidos pelo professor Marcelo Victor. O escritor Rubênio Marcelo fará ainda uma exposição de sua mais recente obra, o livro: “Horizontes d’Versos”, também patrocinado pelo FIC-MS neste ano, que será lançado próximo dia 6 de outubro na OAB-MS.Poeta, escritor e compositor, Rubênio Marcelo é membro da Academia Sul-Mato-Grossense de Letras (da qual é o secretário-geral) e membro da Academia Maçônica de Letras de Mato Grosso do Sul. Autor de sete livros publicados e dois CDs, sua obra mais recente é o livro “Graal das Metáforas – Sonetos & Outros Poemas”. Detentor de diversas premiações lítero-culturais, é também filiado à UBE-MS. Escreve para o Suplemento Cultural (Caderno B) do Jornal Correio do Estado, além de ser colunista da Revista Destaque (página: “Cultura em Foco”). Recentemente participou, como convidado, da I Bienal Internacional de Poesia (I BIP) de Brasília, com os maiores nomes da poesia nacional e mundial.O Memorial da Cultura e da Cidadania fica na avenida Fernando Corrêa da Costa, 559.

MIS oferece curso baisco de fotografia com camera digital

A partir desta quarta-feira (23) até 25 de setembro, o Museu da Imagem e do Som (MIS), unidade da Fundação de Cultura de Mato Grosso do Sul (FCMS), oferece o "Curso Básico de Fotografia com câmera digital" ministrado pelos técnicos de área de cinema e vídeo do museu, Adriano dos Santos e Matheus de Almeida. O curso acontece da 14 às 17 horas.O curso é feito para os “fotoamadores” que tenham qualquer tipo de máquina digital: automática, semi-automática ou manual independentemente da resolução da câmera. Seu objetivo é apresentar as técnicas básicas da fotografia digital, entre elas, composição, planos, enquadramentos, técnicas de fotometria, macro e close. O conteúdo do curso é dirigido a fotógrafos iniciantes e abrange a fotografia casual. As atividades são desenvolvidas através de aulas teóricas e práticas, manipulação digital e avaliação dos resultados obtidos pelos alunos. Quem for participar do curso deve levar bateria carregada e cabo USB.O "Curso Básico de Fotografia com câmera digital" integra o projeto Amplificadores da Cultura. O investimento é de R$ 25. Mais informações no MIS, aberto de segunda a sexta das 7h30 às 17h30, na avenida Fernando Corrêa da Costa, 559. Telefone: 3316-9178; e-mail: mis.de.ms@gmail.com.

peça Manual de Barros(sem palavras) é apresentada domingo

A Arte Riso – Companhia de Animação em parceria com a Fundação de Cultura de Mato Grosso do Sul (FCMS) apresenta no próximo domingo (27), o espetáculo teatral "Manual de Barro (sem palavra)", às 16h e 20h, no Teatro Aracy Balabanian do Centro Cultural José Octávio Guizzo. O espetáculo tem classificação livre e duração aproximada de 50 minutos.Inspirado em poema de Manuel de Barros, a peça “Manual de Barro (sem palavra)” traz o teatro de formas animadas, utilizando máscaras, bonecos e objetos, iluminação e trilha sonora especial. Com os personagens do andarilho, do menino e do velho, o enredo percorre um mundo mágico e lúdico, explorando imagens, gestos, música, ritmo, efeitos de luz e o silêncio. A direção é de Marcos Moura.Todo o charme e graça do espetáculo estão na sutileza de cada boneco, em sua cumplicidade com os atores-manipuladores. O andarilho encarrega o menino de entregar ao velho poeta o “MANUAL DE BARRO”. Mas, para isso a criança enfrentará uma jornada com diversas aventuras até chegar ao seu desafio de ficar frente a frente com o velho poeta. O pequeno percorre um universo surreal, um mundo mágico e lúdico, ao qual, objetos, bonecos gigantes, espectros de luzes interagem nesse mundo imagético. Manual de Barro mostra os conflitos e anseios de um velho poeta. O roteiro foi inspirado no poema “Introdução a um caderno de apontamento” de Manoel de Barros.A peça percorreu 15 cidades em 2008, através projeto Sesi Bonecos, o maior festival de bonecos do BrasilA a Companhia Arte Riso também apresentou-se no mês passado no Parque das Nações Indígenas na edição Sesi Bonecos 2009.Os ingressos custam R$ 20 (inteira) e R$ 10 (meia). Mais informações podem ser obtidas no Centro Cultural José Octávio Guizzo, na rua 26 de Agosto, 453 ou pelo telefone 3317-1792 de terça a sábado das 8h às 22h e domingo das 14h às 19h.

Sesi expoe automovel que sera sorteado na Meia-Maratona Internacional do Pantanal

O Sesi recebeu na tarde desta terça-feira (22/09) o automóvel 0 km que será sorteado entre todos os participantes da Meia-Maratona Internacional do Pantanal Volta das Nações que concluírem os percursos de 21,097 km, de 10 km e de 5 km. Trata-se de um Pálio, cor azul búzios, avaliado em cerca de R$ 27 mil, que está exposto em frente ao Edifício Casa da Indústria ao lado do painel com a contagem regressiva para a competição, que será realizada no próximo dia 11 de outubro em Campo Grande.O carro ficará exposto no local até a próxima sexta-feira (25/09) e depois será levado para a Praça Águas do Prosa, na Avenida Afonso Pena, onde ficará içado até o dia da prova. “É um lugar de bastante visibilidade para passar a mensagem de que desejamos a participação de todos os sul-mato-grossenses na Meia-Maratona Internacional do Pantanal Volta das Nações. Por isso, tivemos a preocupação de fazer disputas distintas para a mesma prova”, disse o diretor da prova, Márcio Alencar, gerente da Área de Lazer do Sesi de Campo Grande, referindo-se à corrida de 21,097 km, da corrida de 10 km e da caminhada de 5 km.Segundo Márcio Alencar, a premiação é um incentivo a mais para atrair o maior número possível de participantes. “A nossa meta é alcançar pelo menos 4 mil inscritos e até esta terça-feira já contávamos com 1.968 inscrições – 675 nos 21,097 quilômetros, 701 na corrida de 10 km e 592 na caminhada de 5 km”, informou os interessados ainda podem fazer as inscrições no quiosque do Shopping Campo Grande, na Praça Esportiva Belmar Fidalgo, na Escola do Sesi Edmundo Macedo Soares e Silva, no Clube do Trabalhador ou por meio do site www.voltadasnacoes.ms.sesi.org.br.“Essa é a primeira vez que Mato Grosso do Sul promove uma disputa internacional e todos os incentivos que estamos oferecendo visa à atração de mais inscritos e também é uma forma de incentivar às pessoas a se decidirem pela inscrição e criar um clima de otimismo, de entusiasmo entre os participantes, porque quem não quer ganhar um carro zero por participar de uma prova sem se preocupar com o resultado?”, questionou o diretor da prova.Premiação Além do sorteio de um automóvel zero quilômetro entre todos os participantes das três provas que concluírem os respectivos percursos e aguardarem o sorteio, também serão distribuídas medalhas para todos os participantes da meia-maratona e da corrida e troféus do 1º ao 5º colocado na classificação geral masculino e feminino, do 1º ao 10º das categorias indústria masculino e feminino e do 1º ao 3º nas categorias cadeirante e deficiente visual masculino e feminino.O 1º lugar no geral masculino e feminino vai receber ainda R$ 10 mil, enquanto o 2º lugar ganhará R$ 5 mil, o 3º lugar receberá R$ 3 mil, o 4º lugar terá prêmio de R$ 2 mil e o 5º lugar ganhará R$ 1 mil. Na categoria por faixa etária masculino e feminino, o 1º lugar receberá prêmio de R$ 300,00, o 2º lugar ganhará R$ 250,00 e o 3º lugar vai receber R$ 150,00.Já na categoria indústria masculino e feminino o 1º lugar receberá R$ 2,5 mil, o 2º lugar ganhará R$ 2 mil, o 3º lugar receberá R$ 1,5 mil, o 4º lugar vai ganhar R$ 1,2 mil, o 5º lugar ganhará R$ 1 mil, o 6º lugar receberá R$ 800,00, o 7º lugar terá R$ 700,00, o 8º lugar ganhará R$ 600,00, o 9º lugar terá prêmio de R$ 500,00 e o 10º lugar vai receber R$ 400,00. O diretor da prova explica que para participar da meia-maratona e da corrida de 10 km o atleta precisa ter idade mínima de 18 anos, enquanto na caminhada de 5 km a idade será livre.A inscrição e a classificação da Volta das Nações serão feitas nas seguintes categorias: Elite, Indústria e Faixa Etária - 18 e 19 anos; 20 a 24 anos; 25 a 29 anos; 30 a 34 anos; 35 a 39 anos; 40 a 44 anos; 45 a 49 anos; 50 a 54 anos; 55 a 59 anos; 60 a 64 anos; 65 a 69 anos; 70 anos acima feminino; 70 a 74 anos masculino; 75 a 79 anos masculino; e 80 anos acima masculino. Atletas da categoria Elite deverão enviar seu currículo de tempos à organização em no mínimo três eventos recentes nas distâncias de meia-maratona ou maratona até o dia 30 de setembro para o e-mail voltadasnacoes@ms.sesi.org.br ou pelo telefone/fax (67) 3325-7646/3365-1017.

terça-feira, 22 de setembro de 2009

Stockcar-final dia 4 em Campo Grande

No dia 4 de outubro será disputada a oitava etapa da Copa Nextel Stock Car. A cidade de Campo Grande, no Mato Grosso do Sul, será a última etapa da primeira fase, ou seja, aquela que definirá os dez pilotos que continuarão na briga pelo título da principal categoria do automobilismo nacional. Na verdade, três vagas já têm dono: o carioca Cacá Bueno, da Red Bull Racing (Peugeot), com 114 pontos; Marcos Gomes, da Dolly Racing (Chevrolet), 77; e Valdeno Brito, RCM Motorsport (Peugeot), 66. As outras sete estão sendo disputadas por nada menos que 17 pilotos, todos ainda com chances matemáticas. Com isso, a prova na capital sul-mato-grossense tem tudo para ser emocionante, já a partir dos treinos livres.A etapa terá transmissão ao vivo pela Rede Globo de Televisão, dentro Esporte Espetacular, a partir das 11h (horário de Brasília, 10h em Campo Grande). A programação em Campo Grande ainda prevê a disputas das outras divisões da Stock Car, a Copa Vicar, em sua sexta etapa, a Stock Jr, com a sétima corrida, e a Pick Up Racing, com a quinta prova do ano. A etapa do Rio de Janeiro, no último domingo, deu uma boa amostra do que o público de Mato grosso do Sul pode esperar da Copa Nextel Stock Car. A vitória de Daniel Serra, da Red Bull Racing marcou o sétimo piloto diferente a subir ao topo do pódio, confirmando a competitividade da categoria. Mais do que isso, viu a movimentação de pilotos e equipes na busca por uma vaga na próxima fase.Os 17 pilotos com chances apostam no histórico da categoria para continuar se dedicando ao máximo. Quem não se lembra da temporada 2007, quando justamente o piloto da casa, Hoover Orsi, tinha apenas 1% de chance de chegar à Super Final, já que tinha de vencer e torcer por uma combinação incrível de resultados. Pois o que parecia improvável aconteceu e ele conseguiu passar para a fase seguinte.Desta vez, essa é a situação do paranaense Alceu Feldmann, que tem 17 pontos e é o último dentro das "chances matemáticas”. Sua missão não é nada fácil: largar na pole positon (garantindo o bônus de três pontos), vencer e torcer contra praticamente todos que estão na sua frente. Mesmo sendo bem complicado, parece difícil alguém dizer que o piloto está fora da briga. Como se vê, a etapa promete.A relação de pilotos com vaga assegurada e ainda na luta é a seguinte: 1 Cacá Bueno, 114 pontos (classificado)2 Marcos Gomes, 77 (classificado)3 Valdeno Brito, 66 (classificado)4 Ricardo Maurício, 635 Max Wilson, 626 Átila Abreu, 597 Daniel Serra, 588 Luciano Burti e Antonio Pizzonia, 5110 Allam Khodair, 4411 Thiago Camilo e Xandinho Negrão, 4313 Antonio Jorge Neto, 4214 Paulo Salustiano, 3815 Ricardo Sperafico, 3216 Giuliano Losacco, 2617 Nonô Figueiredo, 2418 Lico Kaesemodel, 2219 Duda Pamplona, 1820 Alceu Feldmann, 17Credenciamento de ImprensaOs veículos de comunicação interessados na cobertura da oitava etapa devem solicitar o credenciamento de seus profissionais até o dia 28 de setembro e dentro dos seguintes parâmetros: até três (3) credenciais para equipes de tevê; duas (2) para jornais diários e revistas semanais; uma (1) para rádios, jornais e revistas mensais e sites. Será necessário colocar nos pedidos o nome e a função de todos os credenciados. Somente receberão coletes de acesso à pista os fotógrafos que tiverem experiência e lentes apropriadas com, no mínimo, 300 mm.O credenciamento de imprensa é destinado única e exclusivamente a profissionais com comprovada atuação editorial. Não serão atendidas eventuais solicitações de blogs, de pessoas que unicamente se destinam a vender fotos e imagens a pilotos e clientes, sem nenhuma atuação editorial, de sites pessoais, de menores de idade, de membros de áreas comerciais, de publicações com sites em lançamentos futuros, veículos experimentais e outros a critério desta Assessoria.As credenciais serão CONFIRMADAS no dia 30 de setembro e deverão ser retiradas no dia 1º de outubro, das 11 às 17 horas, na Sala de Imprensa do Autódromo Internacional de Campo Grande. Caso não consiga pelo site, a solicitação deverá ser encaminhada para a Vicar Promoções, organizadora da competição, aos cuidados do jornalista Marcelo Eduardo Braga, assessor de imprensa, pelo e-mail imprensa@vicarbrasil.com.br. As mesmas serão entregues somente aos próprios credenciados mediante apresentação de funcional ou a pessoas por eles indicadas mediante carta, em papel timbrado do veículo de comunicação, com nome e RG de quem estiver autorizado a retirar. Mais informações sobre a aprovação do pedido podem ser obtidas pelos telefones (11) 3576-1369/7720-5109. Ressaltamos que não haverá entrega de credencial no final de semana da corrida e contamos com a colaboração dos colegas.A Copa Nextel Stock Car 2009 tem realização e organização da Vicar Promoções, com supervisão da Confederação Brasileira de Automobilismo (CBA). O patrocínio oficial é da Nextel, que dá nome à principal categoria do automobilismo nacional, a divisão conta ainda com o patrocínio de Goodyear e Caixa, além de co-patrocínio de Bosch, Medley e Esso. As montadoras presentes são Chevrolet e Peugeot. Mais informações no site www.stockcar.com.br

Material sobre Cibercrimes esta disponivel no site do evento

O workshop Cibercrimes realizado pela Universidade Federal de Mato Grosso do Sul (UFMS) nos dias 17 e 18 de setembro reuniu profissionais renomados que apresentaram e discutiram os crimes virtuais. As palestras trouxeram fatos, exemplos, e dados atualizados sobre esse tipo de crime no País. Para o Senador Eduardo Azeredo, que falou sobre um projeto de lei de sua autoria, o evento foi importante para o esclarecimento da população e para sair da superficialidade das discussões sobre cibercrimes. Conforme anunciado no evento, o material apresentado por todos os palestrantes já está disponível no site www.cybercrime.ufms.br , no link Agenda. Para acessar o usuário deve clicar em cima do nome de cada palestra.

Dolce Bauru atende o publico e faz show com Almir Sater

Um show pra ficar na história. O folk vai dominar sua emoção! Bauru (SP) pediu e a Dolce Bauru atendeu. No próximo dia 2 de outubro, sexta-feira, tem show de Almir Sater e Banda.Almir Sater lançou novo CD,o Álbum 7 Sinais, um repertório inovador e eclético,conta com participações especiais dos sanfoneiros Dominguinhos e Luiz Carlos Borges e se apresenta com nova banda,aprimorando ainda mais a qualidade musical dos seus arranjos;Dono de um talento ímpar e versatilidade,como cantor,compositor,violeiro e exímio instrumentista,a sua música é descrita como folk brasileiro,pois agrega a sonoridade tipicamente caipira da viola de 10 cordas com folk norte-americano e influências das culturas fronteiriças do seu Estado, como a música paraguaia e andina.O resultado é único. Ao mesmo tempo reflete traços populares e eruditos, despertando a atenção de públicos diversos;Além da multiplicidade de talentos, o artista é defensor do meio ambiente, sempre engajado em projetos de cunho sócio ambiental, estimulando à conscientização e atitudes verdes para a melhoria do nosso do planeta,SERVIÇO:Almir Sater & Banda.Data: 02/10/09 – Sexta-feira.Local: Dolce Bauru Endereço: Avenida Getúlio Vargas, nº 7-50 Cidade: Bauru –São Paulo.

Trem Ambiental chega a Terenos

A América Latina Logística (ALL) realiza nesta quarta-feira, dia 23, passeio de trem com cerca de 200 crianças das escolas Centro de Educação Infantil – CEI e da Escola Municipal Álvaro Lopes, no município de Terenos. A ação faz parte do Programa Trem Ambiental, que tem como objetivo desenvolver nas crianças a consciência para preservação do meio ambiente. Na quarta-feira (23), às 8 horas, o grupo de alunos sairá da Estação de Indubrasil realizando um percurso de aproximadamente 30 minutos até o município de Terenos, retornando à estação em seguida. O mesmo percurso será percorrido pela outra metade no período da tarde. Durante o percurso, crianças recebem aulas de educação ambiental e reciclagem do lixo, além de cartilhas educativas com foco na preservação do ambiente em que vivem. As aulas no trem ambiental serão ministradas por educadores ambientais da ALL em parceria com os professores do colégio.Desde 2005, quando foi criado, o Trem Ambiental já beneficiou mais de cinco mil crianças e a estimativa para 2009 é de, pelo menos, três mil e quinhentos jovens atendidos pelo programa.Educação Ambiental - Por meio de um vagão especialmente decorado com temas da natureza, a empresa promove passeios educativos monitorados por educadores ambientais que promovem palestras sobre os cuidados com o meio ambiente, ensinando sobre coleta seletiva, reciclagem, segurança e meio ambiente. De Rio negro, o Trem segue para as demais cidades onde a empresa atua no Paraná, tais como Apucarana, Paranaguá e Curitiba.

Sabado tem Circuit Bending no Garage

A festa Open Red está de volta ao club Garage no próximo sábado, dia 26 de setembro. Quem estiver na noite poderá aproveitar um open bar com whisky, vodka, refrigerante, cerveja e água. A estrela da noite é Dada Attack .a.k.a. Saulo Pais, multifacetado artista plástico, eletrônico e digital, arquiteto, DJ e produtor musical.Inovador, nonsense, hardware hacker & music junkie. Dada Attack projetou, construiu e dirigiu a arte para filmes e vídeos, criou cenários, expôs em galerias, festivais e museus. A música sempre o alimentou e cada vez mais come, dorme e respira música.Já aos 19 anos é apontado no especial "New Faces of Eletronika Brazuca" da precursora revista de música eletrônica DJ World, como promessa na produção brasileira, depois que sua faixa “Shadows” foi produzida e lançada. No mesmo ano muda sua maneira de discotecar, usando de maneira inédita, computadores no lugar de pick-ups, sendo assim, o pioneiro na discotecagem digital no Brasil. Irrequieto pesquisador musical constantemente evolui, arriscando reinventar-se, dos porões movidos a estrobo e fumaça nos principais clubes. Em seu live P.A. realiza uma fantástica excursão sonora por diversas paisagens musicais, criando estímulos para o corpo e a mente. Transforma sonhos, pensamentos, sentimentos e experiências em música, sempre muito pessoal e por isso muito especial. Alquimista da vanguarda com perícia técnica para construir seus próprios instrumentos eletrônicos, modificar sintetizadores, drum machines, videogames e até brinquedos, divulgando o assunto em revistas, internet e TV e ministrando palestras e oficinas sobre Circuit Bending, Hardware Hacking e produção alternativa. Tudo para extrair sons além do comum, buscando expandir sua paleta musical, experimenta sons gravados no cotidiano, natureza, percussões, hardwares analógicos, softwares, sempre quebrando barreiras e ignorando regras.Atuante nas artes desde muito cedo, Dada tem experiência em diversas mídias e todo este caminho que percorreu para desenvolver seu estilo único não caberia em poucas palavras, mas o mais importante é o fato de que tudo isso está apenas começando.Além de Dada Attack se apresentam na noite os DJs Thiago Queiroz, Diogo Bac aka Audio Go e Minisense. O Garage fica na Rua 13 de Maio, 2825 – Centro. Os convites custam a partir de R$ 50,00 e podem ser adquiridos na loja Fórum na Rua Maracajú, Subway na Av. Mato Grosso, Dona Flor e Chilli Beans. Mais informações pelo telefone 67 - 3383 3930 e no site www.clubgarage.com.br.

segunda-feira, 21 de setembro de 2009

Grupo tradição concorre ao Grammy,como melhor album

O Grupo Tradição é um dos quatro concorrentes ao prêmio de melhor álbum no Grammy Latino Americano.O grupo sul-mato-grossense concorre com o álbum “Micareta Sertaneja 2” na categoria "Melhor Álbum de Música de Raízes Brasileiras - Regional Nativa”. O CD e DVD Micareta Sertaneja 2 foi gravado em novembro de 2008. O anúncio dos vencedores do prêmio acontecerá no dia 5 de novembro, na cidade de Las Vegas, nos Estados Unidos. Concorrem junto com o Grupo Tradição o cantor Daniel, o grupo Os Serranos, Tchê Guri e Mazinho Quevedo. Tradição - O Grupo completa 14 anos no próximo mês. O 10º álbum, "Caixinha de Surpresa", deve ser lançado também em outubro. Uma das músicas do novo álbum já está disponível na comunidade do Tradição na net: www.tradicao.ning.com.Desde o início do ano o Tradição está com dois novos integrantes: Guilherme Steffler Bertoldo, 20 anos, e Jeferson Roberto da Silva Villalva, 19 anos, em substituição ao vocalista Michel Teló e ao acordeonista Gerson Douglas, respectivamente.Ainda estão no grupo Wlajones (percussão), Anderson (bateria) , Arapiraka (percussão) Pekois (guitarra) e Carlos Dias (contrabaixo).

Confra o resultado da 6 etapa do MotoCross Nacional

Após um dia de muita chuva a direção da prova foi obrigada a suspender os treinos no sábado, a pista estava muito molhada e chovia muito na cidade. A chuva foi dar uma trégua bem no fim da tarde, no domingo o sol voltou a brilhar e o espetáculo dos motociclistas ficou completo; sol, uma bela pista e um público que compareceu em massa para prestigiar o evento.Os pegas foram emocionantes, destaque para a categoria cadete. O piloto Pael vinha liderando com folga a corrida, aos 14 minutos de prova foi ultrapassado por Marcelo Ravel de Sidrolândia, Pael abandonou a corrida por problemas mecânicos faltando duas voltas para o final. Na categoria 230cc o piloto Luan Machado não largou bem e fez uma corrida de recuperação, faltando pouco para o fim da corrida ultrapassou Mário Augusto de Dourados para garantir o lugar mais alto do pódio. Na categoria nacional uma prova curta, a corrida aconteceu até os 8 minutos devido a um acidente com o piloto Moacir Rocha de Rio Brilhante. O piloto recebeu os primeiros cuidados ainda na pista, mas foi só um grande susto. Na sênior o piloto de Campo Grande Daniel Matos ganhou de ponta a ponta e na Força Livre o grande vencedor foi o piloto da casa, Diego Pich. Confira a classificação: Categoria Cadete1º lugar – Marcelo Ravel – Sidrolândia2º lugar – Leandro Lorentz – Campo Grande3º lugar – Bruno Agostini – Coronel Sapucaia4º lugar – Ronervaldo (Mochila) – Campo Grande5º lugar – Victor Hugo – Campo GrandeCategoria 230cc1º lugar – Luan Machado – Campo Grande2º lugar – Mário Augusto – Dourados3º lugar – Elizeu Ferreira – Rio Verde4º lugar – Rodrigop Santos – Dourados5º lugar – Eclas Ferreira – Campo GrandeCategoria Nacional1º lugar – Rodrigo Santos – Dourados2º lugar- Diego Pich – Rio Brilhante3º lugar – Mário Augusto – Dourados4º lugar – Gustavo Lopes – Rio Brilhante5º lugar – Diovane dos Santos – SidrolândiaCategoria Sênior1º lugar – Daniel Matos – Campo Grande2º lugar – Marcelo Ravel – Sidrolândia3ª lugar – Ciro Eduardo – Campo Grande4º lugar- Eclas Ferreira – Campo Grande5º lugar – Moacir Rocha – Rio BrilhanteCategoria Força Livre1º lugar – Diego Pich – Rio Brilhante2º lugar – Daniel Matos – Campo Grande3º lugar – Ricardo Calábria (Caco) – Campo Grande4º lugar – Paulo Zanin Filho – Aquidauana5º lugar – Emerson Brás (DJ) – Campo GrandeA 6ª etapa do MotoCross Nacional foi realizada pela Federação de Motociclismo de Mato Grosso do Sul (Femems) em parceria com o Moto Clube de Rio Brilhante, contou ainda com o apoio do governo do Estado por intermédio da Fundesporte e da Prefeitura Municipal de Rio Brilhante.

Oficina de critica de cinema começa hoje na capital

Parte do projeto "Ciclo de Formação em Cultura Audiovisual" financiado pelo FIC-2009, a Oficina de Crítica de Cinema inicia na próxima segunda-feira no Museu da Imagem e do Som (MIS). Ministradas por Rodrigo de Oliveira (RJ), as aulas ocorrem de 21 a 25 de setembro das 18 às 23 horas.A oficina “Crítica de Cinema” pretende desenvolver o pensamento e a postura crítica do aluno diante do cinema, apresentando diferentes modos de percepção da imagem e da narrativa cinematográfica e audiovisual, bem como seu desdobramento reflexivo através da escrita. “Uma primeira aula expositiva dará as bases para a prática crítica posterior, seguida por encontros em que serão discutidos temas-chave da compreensão crítica do cinema, ilustrados pelos filmes exibidos em sala”, conta Rodrigo de Oliveira, crítico de cinema, pesquisador e cineasta.Formado em Cinema pela UFF, Rodrigo de Oliveira é redator da Revista Cinética e colunista semanal de cinema e música do jornal capixaba Século Diário, depois de atuar por três anos como redator e subeditor da Revista Contracampo. Colaborou com diversos veículos e ministrou cursos e oficinas de crítica e cinema contemporâneo no CineSesc-SP, no Tempo Glauber-RJ, e em diversos festivais pelo país.Na oficina, serão abordados modos de percepção do cinema, história e desenvolvimento da linguagem através dos tempos, teoria cinematográfica, teoria do autor, teorias de recepção e fruição estética. O objeto central de análise será o cinema brasileiro contemporâneo, de curta e longa-metragem. Os alunos farão um percurso cronológico através da história do cinema brasileiro, notando em cada uma das épocas suas particularidades e suas contribuições à formação de uma idéia do que seja o “filme nacional” e suas implicações críticas e teóricas. A partir dos filmes selecionados pelo ministrante, traçarão um perfil da atual safra do cinema brasileiro, percebendo suas recorrências, seus recortes temáticos e estéticos, suas abordagens e relações com a realidade brasileira, a história do cinema (brasileiro e mundial) e com a contemporaneidade.O valor para participação é de R$ 20,00. As vagas são limitadas a 40 pessoas. Mais informações no Museu da Imagem e do Som, localizado na Avenida Fernando Correa da Costa, 559 – prédio do Memorial da Cultura e da Cidadania, terceiro andar. Telefone: 3316-9178.

domingo, 20 de setembro de 2009

Roupa Nova faz show na capital dia 11

Após duas apresentações em Campo Grande no ano passado o Roupa Nova volta à Capital. O show deste ano será dia 11 de outubro, no Rádio Clube Campo.Os ingressos serão vendidos a R$ 20 pista, R$ 40 área vip e R$ 300 e R$ 400, mesa. O preço mais alto são para as mesas mais próximas ao palco.Os ingressos estarão à venda no Gugu Lanches e Ingresso Fácil, no Shopping Campo Grande.

Filme com Jude Law como mulher,estreia primeiro em celulares

Rage tem sua primeira exibição na próxima segunda-feira (21) em Nova York, mas segundo a revista Variety, a intenção do diretor Sally Potter é mesmo fazer, também a partir desta segunda, um grande lançamento em celulares e iPods, antes mesmo da estreia oficial nos cinemas.

Filme produzido por Oprah winfrey leva premio em Toronto

O filme já estava sendo cotado como forte candidato a algumas estatuetas do Oscar 2010, e agora ele certamente chegará aos jurados da Academia com uma força ainda maior: Precious, drama dirigido por Lee Daniels e produzido por Oprah Winfrey, levou o troféu maior do Festival de Toronto, em premiação que aconteceu neste sábado (19).

Gisele sera embaixadora da ONU para o meio ambiente

Uma das modelos mais conhecidas e bem pagas do mundo, Gisele Bündchen agora abraça a causa ambiental.Neste domingo a modelo se tornará Embaixadora da Boa Vontade pelo Programa das Nações Unidas para o Meio Ambiente (UNEP, na sigla em inglês).A cerimônia acontecerá às 11h no Washington Square Park, em Nova York, e contará com a presença de Achim Steiner, diretor executivo da UNEP.

Livro traz grunge com texto do lider do sonic Youth

O fotógrafo Michael Lavine pretende lançar no dia 15 de outubro o livro Grunge, que traz fotos icônicas do movimento musical que dominou a região de Seattle, nos Estados Unidos, nos anos 90.Lavine foi um dos fotografos oficial da banda Nirvana entre tantas.

quinta-feira, 17 de setembro de 2009

Cibercrime é tema de Workshop que começa hoje na UFMS

A Universidade Federal de Mato Grosso do Sul (UFMS) realiza nos dias 17 e 18 de setembro no Teatro Glauce Rocha o workshop Cibercrimes. O evento tem como objetivo discutir o crime pela Internet, a legislação a respeito e as possíveis formas de combate.

No dia 17 a programação tem início às 19h30 com uma apresentação do coral da Universidade e segue com uma palestra do promotor de justiça de São Paulo, Augusto Rossini às 20 horas. Após a palestra, cujo tema é Informática, Telemática e Direito Penal, acontece um coquetel.

No dia 18 às 8h o Senador da República Delcídio do Amaral fala sobre um projeto de lei substitutivo sobre cibercrimes e a necessidade de identificação de usuários. Ainda sobre o mesmo projeto de lei o Senador da República Eduardo Azeredo fala às 9h15 sobre a criminalização de condutas.

À tarde a programação tem início às 14h com a palestra do engenheiro de computação e especialista em perícia de crimes digitais, William Telles, sobre Vestígios de Internet e a prova pericial. Às 15h15 o investigador da Polícia Civil de Mato Grosso do Sul, Michel Weiler Neves, fala sobre os crimes pela Internet meios utilizados para as suas práticas e as estatísticas de crimes virtuais no Estado.

A bacharel do curso de Direito da UFMS, Vanessa Cardoso Gai, fala, às 16h15, sobre a classificação dos provedores de Internet e responsabilidade civil e Stenio às 19 horas o Delegado de Polícia Federal responsável pela área de combate a pornografia infantil, fala sobre a CPI da Pedofilia. O evento encerra-se com a palestra tipologia de crimes e criminosos da Internet ministrada pelo psiquiatra José Geraldo Taborda.

As inscrições são gratuitas e podem ser feitas no site www.cybercrime.ufms.br . Será emitido certificado de 20 horas de atividades.

Acontece hoje leitura pública do Plano Municipal de Cultura

A Fundação Municipal de Cultura (Fundac) dá continuidade a elaboração do Plano Municipal de Cultura, que nessa segunda etapa terá a leitura pública para rever o que foi feito em julho. Na primeira etapa, militantes se uniram à comunidade artística por dois dias para desenvolver as diretrizes do plano. Agora o texto, que já passou pela consultoria jurídica, terá uma leitura pública hoje(17), às 19h30, no Armazém Cultural.

O principal objetivo do plano é programar as ações para a cultura do município para os próximos dez anos. "Programando nossas ações poderemos captar e garantir mais recursos, vindos tanto da esfera federal, como da estadual e municipal", explica o diretor presidente da Fundac, Athayde Nery.

Athayde ainda explica que o plano deve ser elaborado agora para assim que as Propostas de Emenda Constitucional (PEC´s) número 236 e 150 foram aprovadas no Congresso Nacional, Campo Grande seja uma das primeiras cidades a mostrar que está organizada para solicitar recursos. A primeira PEC se refere a cultura como direito social do povo brasileiro e a segunda vincula 2% do orçamento federal, 1,5% do orçamento estadual e 1% do municipal a investimentos na área cultural.

Alguns dos principais pontos definidos durante a elaboração feita em julho foram a efetivação de 1% do orçamento municipal para a cultura e a reestruturação do Conselho Municipal de Cultura e do Fórum Municipal de Cultura. Outras questões como acessibilidade e gestão compartilhada também estão incluídas no plano.

Após a leitura, o texto inda irá para a Câmara Municipal, para ser debatido em uma audiência pública e posteriormente ser transformado em projeto de lei. Nery diz estar otimista com o andamento do plano e comemora o fato de Campo Grande ser uma das cidades pioneiras em sua elaboração.

Festival Pantanal das Águas será lançado esta noite

Solenidade na noite de hoje, quinta-feira, marca o lançamento da quinta edição do Festival Pantanal das Águas que acontece no período de 9 a 12 de outubro, em Corumbá. O ato será a partir das 20h, na ferradura do Porto Geral. Na oportunidade será divulgada toda a programação do evento que prevê shows, campeonatos de pesca adulto e infantil, atividades esportivas, além de outros atrativos.


O Festival é uma realização da Prefeitura Municipal com a TV Morena e integra o calendário de eventos da Cidade Branca e vai reunir em um só momento, eventos consolidados que fortalecem cada vez mais Corumbá como um destino de grandes acontecimentos turísticos, esportivos e culturais do centro oeste brasileiro.

FCMS patrocina oficina de cenogafia para teatro em Naviraí

Com recursos do Fundo de Investimentos Culturais, a Fundação de Cultura de Mato Grosso do Sul (FCMS) patrocina a Oficina de Cenografia para Teatro, com o cenografista Cleison Nantes Sandim, a partir da próxima segunda-feira (21), em Naviraí. O curso acontece até 27 de setembro, no Espaço Arco-Íris, que fica na rua Ronta Porã, 375.

Segundo o cenografista, a capacitação oferece noções de criação em cenografia que valoriza a textura extraída de materiais alternativos e reciclados, que normalmente são descartados como lixo. “Os próprios alunos irão dar sugestões sobre o reaproveitamento de elementos orgânicos e inorgânicos, que serão utilizados com com originalidade e criatividade renovando a linguagem artística”, explicou Cleison.

O projeto visa atender também profissionais de Corumbá, Ivinhema, Três Lagoas e Dourados.Mais informações no telefone (67) 9205-2101.

Cine Brasil exibe filmes sobre o nordeste brasileiro

Na próxima semana, de terça a sexta-feira (22 a 25), a Fundação de Cultura de Mato Grosso do Sul (FCMS) exibe o Circuito Nordeste na programação de setembro do "Cine Brasil – Curtas e Longas no Centro", projeto que disponibiliza filmes e vídeos em formato de curta e longa-metragem, gratuitamente, através da Programadora Brasil. As exibições acontecem no Centro Cultural José Octávio Guizzo, toda última semana do mês, às 18h30. O Circuito Nordestino aborda a vida de alguns personagens que marcaram a história brasileira, mostrando o cotidiano do povo nordestino.

Na terça-feira (22), será exibido o filme “Coronel Delmiro Gouveia” (90’/RJ/Ficção/1978/12 anos), com direção de Geraldo Sarno. Em fins do século XIX, Delmiro Gouveia, rico comerciante e exportador do Recife, sofre perseguições políticas. Seu estilo arrojado e aventureiro lança contra ele muitos inimigos, inclusive o governador do Estado. Falido e perseguido pela polícia do governador, Delmiro refugia-se no sertão e recomeça sua atividade de exportador de couros. Monta uma fábrica de linhas de costura, aproveitando a energia elétrica da usina que constrói na Cachoeira de Paulo Afonso e o algodão herbáceo nativo na região. Os ingleses da Machine Cottons, ex-senhores absolutos do mercado, enviam emissários para negociar a situação criada. Delmiro nega-se a vender ou associar-se. É assassinado em 10 de outubro de 1917. Em 1929, a fábrica é adquirida pelos ingleses, destruída e lançada nas águas da Cachoeira de Paulo Afonso. No mesmo dia, vai ser exibido o filme “Delmiro Gouveia: O Homem e a Terra” (90’/BA,SP,RJ/Ficção/1971/12 anos), com direção de Geraldo Sarno, que relata os aspectos da vida e obra do nordestino Delmiro Augusto da Cruz Gouveia, natural do Ceará. Seu trabalho é pioneiro em Alagoas, iniciando a revolução industrial e hidráulica, ou planificando a eletrificação da região com o aproveitamento da força motriz da Cachoeira de Paulo Afonso.

Na quarta-feira (23), é a vez do filme “Milagre em Juazeiro” (83’/CE/DOC/1999/Livre), com direção de Wolney Oliveira. Em 1889 no Ceará, Padre Cícero Romão Batista, pároco de Juazeiro do Norte, administra a comunhão aos fiéis. Entre eles está Maria de Araújo, mulher simples e religiosa. Quando recebe a hóstia das mãos do Padre e pousa em sua boca, a transforma em sangue. Milagre? O fenômeno se repete e se consolida a crença de que o Padre é um Santo e a beata Maria de Araújo, um instrumento de Deus. As primeiras romarias começam a chegar a Juazeiro. O milagre pouco ortodoxo e de tanto apelo popular não agradou à Igreja Católica Apostólica Romana. Padre Cícero se vê privado dos misteres religiosos. Morre sem conseguir a absolvição, mas seu poder político perdura enquanto vive. A polêmica continua até hoje. Juazeiro do Norte é cenário de uma das maiores romarias do Brasil e Padre Cícero é venerado como um verdadeiro santo. Em seguida será exibido o filme “Padre Cícero” (10’/RJ/DOC/1972/Livre), com direção de Geraldo Sarno. O Padre Cícero, antigo líder religioso, ligado à formação social, política e econômica do Vale do Cariri é homenageado pela população local e pela multidão de romeiros que ali percorre. Com aproveitamento de material cinematográfico da época (1925), em que o padre recebe visita das mais altas autoridades do Estado, em companhia de seu protegido o deputado Federal Floro Bartolomeu, para inaugurar sua própria estátua em praça pública, o filme mostra o uso que se fez da imagem do velho patriarca bondoso, pai dos pobres e protetor dos desvalidos. Mostra também como os anseios de sua população de romeiros estão cristalizadas em ritos de veneração a essa imagem.

Na quinta-feira (24), será o exibido o filme “Uma Questão de Terra” (80’/PB/DOC/1988/Livre), com direção de Manfredo Caldas. Ele aborda o assassinato da líder camponesa Margarida Maria Alves, analisando os diversos níveis de violência no campo. Ao dar voz aos trabalhadores rurais, questiona-se, de maneira contundente, o problema fundiário no País, especificamente no Estado da Paraíba. O documentário culmina com os três dias de votação da reforma agrária na Assembléia Nacional Constituinte de 1988. Em seguida é exibido o filme “Cinema, Aspirinas e Urubus” (99’/PE/FIC/2005/14 anos), com direção de Marcelo Gomes. Em 1942, no meio do sertão nordestino, dois homens se encontram: Johann, um alemão que fugiu da Guerra, e Ranulpho, um brasileiro que quer escapar da seca que assola a região. Viajando de povoado em povoado, eles exibem filmes para pessoas que já haviam conhecido o cinema, para vender um remédio “milagroso”. Continuando a cruzar as estradas empoeiradas de um sertão arcaico, eles buscam novos horizontes em suas vidas. Nesta jornada, os dois aprendem a respeitar as diferenças e surge entre eles uma amizade incomum, mas que marcará suas vidas para sempre.

Na sexta-feira (25), para finalizar o projeto, será exibido o filme “A Pedra da Riqueza” (16’/PB,RJ/DOC/1976/Livre), com direção de Vladimir Carvalho. A partir de depoimentos dos próprios garimpeiros, o documentário procura compreender o processo primitivo do trabalho de garimpo da xelita, nas minas da região do vale do Sabugi, Paraíba, consideradas umas das mais importantes do mundo. Enfoca as rudimentares condições de vida desses trabalhadores, num sistema de trabalho quase primitivo, sem carteira de trabalho, assistência médica ou social e que desconhecem o valor e o destino da matéria-prima que extraem: o tungstênio, utilizado nos mais sofisticados e complexos instrumentos da tecnologia nuclear. Após será exibido o filme “O crime da imagem” (13’/PE/FIC/1992/14 anos), com direção de Lírio Ferreira, que conta uma viagem simulada por um sertanejo desconfiado da fidelidade da esposa, e que tem desfecho trágico. É um episódio lendário sobre Antônio Conselheiro, antes de se tornar um líder político-místico-religioso.

Mais informações podem ser obtidas no Centro Cultural José Octávio Guizzo, na rua 26 de Agosto, 453 ou pelo telefone 3317-1792.



quarta-feira, 16 de setembro de 2009

Oficina de Crítica de Cinema começa no MIS no dia 21

Parte do projeto "Ciclo de Formação em Cultura Audiovisual" financiado pelo FIC-2009, a Oficina de Crítica de Cinema inicia na próxima segunda-feira no Museu da Imagem e do Som (MIS). Ministradas por Rodrigo de Oliveira (RJ), as aulas ocorrem de 21 a 25 de setembro das 18 às 23 horas.




A oficina “Crítica de Cinema” pretende desenvolver o pensamento e a postura crítica do aluno diante do cinema, apresentando diferentes modos de percepção da imagem e da narrativa cinematográfica e audiovisual, bem como seu desdobramento reflexivo através da escrita. “Uma primeira aula expositiva dará as bases para a prática crítica posterior, seguida por encontros em que serão discutidos temas-chave da compreensão crítica do cinema, ilustrados pelos filmes exibidos em sala”, conta Rodrigo de Oliveira, crítico de cinema, pesquisador e cineasta.




Formado em Cinema pela UFF, Rodrigo de Oliveira é redator da Revista Cinética e colunista semanal de cinema e música do jornal capixaba Século Diário, depois de atuar por três anos como redator e subeditor da Revista Contracampo. Colaborou com diversos veículos e ministrou cursos e oficinas de crítica e cinema contemporâneo no CineSesc-SP, no Tempo Glauber-RJ, e em diversos festivais pelo país.




Na oficina, serão abordados modos de percepção do cinema, história e desenvolvimento da linguagem através dos tempos, teoria cinematográfica, teoria do autor, teorias de recepção e fruição estética. O objeto central de análise será o cinema brasileiro contemporâneo, de curta e longa-metragem. Os alunos farão um percurso cronológico através da história do cinema brasileiro, notando em cada uma das épocas suas particularidades e suas contribuições à formação de uma idéia do que seja o “filme nacional” e suas implicações críticas e teóricas. A partir dos filmes selecionados pelo ministrante, traçarão um perfil da atual safra do cinema brasileiro, percebendo suas recorrências, seus recortes temáticos e estéticos, suas abordagens e relações com a realidade brasileira, a história do cinema (brasileiro e mundial) e com a contemporaneidade.




O valor para participação é de R$ 20,00. As vagas são limitadas a 40 pessoas. Mais informações no Museu da Imagem e do Som, localizado na Avenida Fernando Correa da Costa, 559 – prédio do Memorial da Cultura e da Cidadania, terceiro andar. Telefone: 3316-9178.



Faz-me Rir!" tem apresentação adiada para domingo

Alegando motivo de força maior, a Associação Cultural Falano di Tal mudou a data das apresentações de "Faz-me Rir!", inicialmente previstas para acontecer hoje e amanhã, dias 15 e 16 de setembro, no Palácio Popular da Cultura. O espetáculo será apresentado no próximo domingo, dia 20, a partir das 20 horas, no Teatro Dom Bosco.

Segundo Marcelo Leite, da Associação Cultural Fulano di Tal, quem já adquiriu seu ingresso, basta apresentá-lo no domingo na bilheteria do teatro. "Desde já, agradecemos a compreensão de todos, e os esperamos no teatro", afirmou Leite.

FCMS mantém abertas inscrições para Dança de Salão

Continuam abertas as inscrições para o curso de Dança de Salão do Programa Educativo do Centro Cultural José Otávio Guizzo, desenvolvido pelo governo do Estado através da Fundação de Cultura de Mato Grosso do Sul. As aulas são ministradas pelo professor e educador físico Flávio Mathias.

O curso percorre o ensino da Dança de Salão através de diferentes ritmos e estilos, aliando conhecimento de danças praticadas dentro e fora do Brasil às diferentes modalidades e as batidas regionais. As aulas são direcionadas para adolescentes e adultos e podem ser realizadas tanto para casais como para solteiros ou praticantes sem parceiros. O curso acontece todas as terças, quartas e sextas-feiras, das 20h às 21h30.

Dança de Salão

As pessoas que têm o hábito de dançar em salões apresentam uma mudança significativa de comportamento: menos timidez, mais confiança, mais vontade de encontrar os amigos e de sair para as baladas.

O equilíbrio emocional, tão importante para emagrecer e manter o peso desejado é mais facilmente alcançado e se torna um fator decisivo para conquistar um corpo mais saudável, contribuindo também para o desenvolvimento motor, cognitivo, afetivo e psicológico dos alunos. O curso proporciona um aprendizado básico em curto prazo, para que os alunos sejam capazes de dançar em bailes de diversos estilos musicais.

“Dançar aumenta a freqüência cardíaca, estimula à circulação do sangue, melhora a capacidade respiratória e queima muitas calorias. A dança de salão é essencialmente uma atividade social e provoca uma sensação de bem-estar psicológico. Permite a troca de experiências, estimula o diálogo e aumenta a motivação”, comenta o professor Flávio Mathias.

Flávio Mathias tem 22 anos de experiência na área de dança de salão. É formado pela Faculdade Rainha do Sertão, no Ceará e pela academia Top Dance, no Uruguai. Já lecionou dança de salão no Centro Cultural por 10 anos.

Serviço: A mensalidade tem valor de R$ 45,00 (individual) ou R$ 80,00 (casal). Outras informações podem ser adquiridas no Centro Cultural José Octávio Guizzo, pelo telefone 3317-1792 ou com o professor Flávio Mathias, pelo telefone 9112-1633.

FCMS patrocina aulas de capoeira em Corguinho

Com recursos do Fundo de Investimentos Culturais, da Fundação de Cultura de Mato Grosso do Sul (FCMS), o capoeirista Rubersandre Cunha promove uma aula inaugural do projeto “Capoeira – Instrumento de formação e transformação”, na sexta-feira (18), às 16 horas, na Chácara Sonho Dourado, em Corguinho.

Aulas de capoeira gratuitas passarão a acontecer no local, às segundas, quartas e sextas-feira, às 14 horas e 17h30. A iniciativa visa a valorização da cultura negra, por meio da prática da capoeira, estudo de sua história e criação de berimbaus, atabaques e pandeiros. “Queremos melhorar a autoestima dos quilombolas e da comunidade local utilizando a cultura como método de integração e conhecimento”, explicou Rubersandre.

Ainda segundo ele, atualmente a capoeira é praticada em todo o mundo, devido a seu trabalho múltiplo com dança, arte, folclore, esporte, educação, lazer e jogo. Além disso ela pode exercer um papel relevante na conquista da qualidade de vida e na formação de um público que respeite as tradições folclóricas.


Rubersandre Cunha é graduado capoeirista pela Associação de Capoeira Farol da Praia, participou da Oficina de Capoeira e Confecção de Berimbau e Toque do Projeto Saber, do governo federal e já ministrou aulas no Projeto de Capoeira da Apae-Corguinho e no Projeto de Extensão "Capoeira para Todos", da Funlec. Mais informações no telefone (67) 9925-1315.

Luciane Chamamezeira, talento de MS nos acordes do acordeão



Luciane Ribas é uma menina sul-mato-grossense de 17 anos com talento surpreendente. Influenciada pelo pai, a garota começou a tocar acordeão aos 11 anos.
Apaixonado por chamamé e polca paraguaia, o pai, Luiz Carlos Gomes Ribas, tocava esses ritmos nas horas de folga em sua velha e inseparável Todeschini. “Ela ficava com os olhos brilhando quando eu começava a tocar. E logo aprendeu os primeiros acordes”, lembra o pai coruja.
Seis anos depois, Tatá, como é chamada pelas pessoas mais próximas, tem agenda de profissional. “Os convites para shows e apresentações em bailes, festas e churrascos são feitos todos os dias”, afirma Ribas, com orgulho estampado no rosto. “Ela também já se apresentou em vários programas de rádio e TV”.
O pai só franze a testa quando o assunto é namoro. Talentosa, Luciane Chamamezeira chama a atenção também pela simpatia e beleza. “Sempre aparece alguns engraçadinhos, mas eu não dou bola não”, diz, em tom de brincadeira.
O talento de Tatá tem explicação. Ela nasceu numa família de amantes da música regional, principalmente do chamamé e da polca. Pai, tios, primos e primas tocam acordeão, violão ou teclado. “Desde os primeiros momentos sempre achei que ela brilharia como acordeonista”, revela o tio Silvio Ribas, que canta e toca violão.
Luciane também se apresenta ao lado do irmão violonista, Luciano, de 15 anos. O sonho da garota é gravar CD. “Sou muito nova ainda, mas é um sonho que espero realizar em breve”, planeja, orgulhosa por já ter tocado com grandes nomes da música, como Dino Rocha, de quem é fã incondicional ao lado do também acordeonista Tostão Mineiro.

Projeto Conexão Rua em Dança visita Ponta Porã

O município de Ponta Porã, a 258 quilômetros da Capital, recebe nesta sexta-feira (18) e sábado (19) o projeto Conexão Rua em Dança promovido pela Fundação de Cultura de Mato Grosso do Sul (FCMS), que promove oficinas de dança com o coreógrafo Edson Clair. No período da manhã, as aulas acontecem no espaço ‘Conviver’ para os alunos dos pólos do Projovem. À tarde acontecem na sala de dança da Funcespp e à noite, na Academia K3.



No Conexão Rua em Dança são ministradas aulas de street dance (dança de rua) nos municípios que não têm grupos consolidados, para democratizar o acesso à dança no interior. Na edição 2009, cinco municípios participam do projeto: São Gabriel do Oeste, Três Lagoas, Ponta Porã, Coxim e Nova Andradina. Em sua primeira edição, o projeto Conexão Rua em Dança visitou 15 cidades de Mato Grosso do Sul. Gloria de Dourados, Corumbá, Três Lagoas, Nova Andradina, Paranaíba, Fátima do Sul, Jardim, Costa Rica, Sidrolândia, Bonito, Aparecida do Taboado, Ponta Porã, Coxim, Rio Negro e São Gabriel do Oeste. A próxima oficina será realizada em Três Lagoas, nos dias 21 e 22 de setembro, no Centro Cultural de Três Lagoas.



“A dança de rua é uma linguagem cultural de apelo muito popular, exercendo grande atração sobre os jovens. Para ir ao encontro desse interesse, a Fundação de Cultura realiza as oficinas do Conexão Rua em Dança, também para estimular a formação de grupos de dança e ocupar os jovens de forma sadia. O resultado tem sido muito bom”, avalia Américo Calheiros, presidente da Fundação de Cultura.

Exaltasamba volta a CG e faz show sexta no Rádio Clube



O Grupo de pagode Exaltasamba está de volta a Campo Grande. Na noite da próxima sexta-feira, dia 18, o grupo se apresenta no Rádio Clube Campo. Os ingressos para a pista custam R$ 20 no primeiro lote e R$ 30 no segundo lote, com possibilidade de meia em ambos os casos para estudantes. Já na área vip estão custando R$ 35 no primeiro lote, R$ 45 no segundo lote e R$ 60 no terceiro. Os primeiros mil ingressos da área vip têm direito a um CD. Os ingressos estão à venda no Gugu, Ingresso Fácil no Shopping e Fest Beer.

Quando criaram o Exaltasamba em meados dos anos 80, provavelmente nem seus próprios integrantes tinham idéia de que aquele grupo seria capaz de fazer tanto em sua carreira. Desde que lançaram o primeiro disco, “Eterno Amanhecer” (1992-independente), após anos consolidando ótima reputação na Grande São Paulo, eles ampliaram mais e mais seus horizontes, Brasil afora.

Na EMI desde 1996, quando lançou “Luz do Desejo”, o Exaltasamba se manteve firme e forte na mídia após a explosão do samba e do pagode, nos anos 90. Seus sucessos são inúmeros, como “Livre Pra Voar”, “Telegrama”, “Desliga” e Vem”, “Cartão Postal”, “Gamei”, “Eu e Você Sempre”, “A Carta”, “Por Tão Pouco” e tantos outros. Vários grupos acabaram, outros sumiram das paradas, mas o Exalta, como é carinhosamente chamado pelos fãs, continua por aí, produtivo, bem-sucedido e sempre com novos projetos.

O mais recente projeto chega às lojas agora: o CD/DVD Ao Vivo Na Ilha da Magia. Nele, Péricles (vocal e banjo), Thiaguinho (vocal e banjo), Pinha (repique de mão), Brilhantina (cavaco) e Théll (tantã) mostram, mais uma vez, que não vivem dos louros conquistados. Terceiro DVD da carreira, trata-se de um trabalho que traz como diferencial o fato de incluir só canções inéditas em discos do Exalta, sendo boa parte delas totalmente inédita. Ou seja, uma ousadia que só mesmo quem tem confiança em seu próprio taco ousa fazer.

O local escolhido para a gravação foi o paradisíaco Costão do Santinho Resort & Spa, localizado em Florianópolis, Santa Catarina, nos dias 20 e 21 de dezembro de 2008, com direito a praia, mar e um visual inspirador. A presença de fãs entusiásticos na platéia ajudou a dar o toque final à festa, com direito àquela troca entre público e artistas que costuma gerar momentos inesquecíveis para todos.

Contando com mais 12 músicos de apoio, o Exalta tocou em um palco luxuoso, com iluminação de ponta, qualidade de som impecável e condições técnicas de primeiro mundo. Uma superprodução. Mas o que segura mesmo a onda é o desempenho do time, que se dá ao luxo de ter dois vocalistas iluminados. De um lado, Péricles, com toda a sua experiência e uma das vozes mais bonitas, potentes, suingadas e afinadas do samba, respeitado por todos no meio. Do outro, o carisma e o entusiasmo cativante de Thiaguinho, que “chegou chegando” no grupo em 2004 (no CD “Alegrando a Massa”) e se encaixou como uma luva no Exaltasamba.

A marca de Ao Vivo Na Ilha da Magia é a aposta no samba mais sacudido, mesmo nos momentos de maior romantismo, proporcionando ao ouvinte um clima de alto astral que se mantém o tempo todo. A maioria das músicas leva a assinatura de um inspirado Thiaguinho, em parceria com Rodriguinho, Pezinho e Billy SP, entre outros. “Valeu” abre o repertório com tudo, e canções como “Se Liga”, “Cara de Pau”, “Fui”, “Eu Não Consigo Sem Você” e “Dessa Vez é Pra Ficar” tem tudo para invadir as paradas de sucesso. O CD tem 16 e o DVD 22, incluindo uma releitura bem-humorada e contagiante de “Não Tenho Dinheiro (Só Quero Amar)”, de Tim Maia. O primeiro single já está em rotação nas rádios: “Abandonado”. Ao Vivo Na Ilha da Magia é mais um golaço desse quinteto que se recusa a fazer mais do mesmo, esbanjando jogo de cintura, criatividade e categoria e assim engrandecendo o mais brasileiro dos ritmos. Parafraseando o título de um de seus sucessos mais recentes, eles se mostram cada vez mais “livres pra voar”.

terça-feira, 15 de setembro de 2009

Escolhidos artistas para exposição no Salão de Arte de MS

A Fundação de Cultura de Mato Grosso do Sul (FCMS)divulgou, hoje (15), os artistas selecionados para exposição no Salão de Arte de Mato Grosso do Sul – 2009. Foram selecionados 20 artistas para expor obras de arte contemporânea em mostra que vai ser realizada de 12 de novembro de 2009 a 28 de fevereiro de 2010.

O Salão de Arte de Mato Grosso do Sul é uma realização do Estado de Mato Grosso do Sul, por intermédio da FCMS, que tem o objetivo de promover um diálogo ampliado com a produção atual e propiciar uma reflexão sobre a produção cultural brasileira. Desta forma pretende contribuir na promoção, difusão e expansão da diversidade da linguagem artística e cultural, além de possibilitar a compreensão das múltiplas linguagens e expressões e não se limitar somente nas de caráter local.

"O lançamento desse salão representa uma oportunidade para aqueles que estão em franca produção além de permitir aos apreciadores das artes plásticas, o contato com novas linguagens, tendências e criações”, afirmou o presidente da FCMS, Américo Calheiros.

As obras de arte que foram selecionadas estão entre as categorias de desenho, pintura, gravura, escultura, fotografia, objeto, instalação, vídeo-arte e linguagens periféricas.

A Comissão de Premiação da FCMS escolherá cinco artistas dos 20 selecionados pela Comissão de Análise Documental e Material Fotográfico, os quais receberão o prêmio no valor de R$ 8.000,00 cada um. Os demais artistas selecionados para participar do Salão de Arte de Mato Grosso do Sul, receberão um prêmio no valor de R$ 1.000,00 cada um.

Integraram a Comissão de Análise Documental e Material Fotográfico do Salão de Artes de Mato Grosso do Sul, Aline Cerutti, Eluiza Bortolotto Ghizzi e Idara Negreiros Duncan Rodrigues. Acompanhe a lista dos artistas selecionados:

- Amanda de Souza Meireles (SP)

- Antonio Pereira Barbosa Neto (MS)

- Aroldo Nogueira Justino (MS)

- Cilas Justino (MS)

- Claudia Loch ( PR)

- Daniele Navarro Dias Andrade (MS)

- Denis da Costa Feliz (MS)

- Douglas Colombelli Parra Sanches (MS)

- Geovanni Ferreira de Souza (RS)

- Irani Bucker (MS)

- Jonas Eduardo Martins de Santana (MS)

- Maíra Martins Espindola (MS)

- Michele Martins Nunes (RS)

- Milene Tonellotto de Lima (RS)

- Nilvana Moreno Mujica (SP)

- Paulo Cezar Mendes Farias (MG)

- Pedro Eduardo Di Pietro (SP)

- Rodrigo Batista Braga (PE)

- Silvia Helena Santiago (MG)

- Sônia Bacha (MS)

Mais informações na Gerência de Desenvolvimento e Difusão de Programas Culturais da FCMS, no telefone (67) 3316-9170, das 7h30 às 13h30 ou no Museu de Arte Contemporânea, pelo telefone (67) 3326-7449, das 12 às 18 horas.

Morte de Patrick Swayze é isca para infectar PCs



Algumas horas depois do anúncio da morte do ator Patrick Swayze, analistas de segurança captaram uma primeira onda de ataques. Segundo a F-Secure, os internautas podem ser infectados ao procurar notícias sobre a morte do astro de Ghost e serem levados, aleatoriamente, a relatórios falsos

De acordo com comunicado da F-Secure, repentinamento uma janela de aviso é exibida, com o texto: "Warning!!! Yout system requires immediate anti viruses scan! Total Security can perform fast and free virus and malicious software scan of your computer". O usuário é levado a crer que seu computador está infectado (o que não é verdade) e convidado a testar o "Total Security", um falso antivírus.

Clicando em "Ok", aparece uma imagem que imita o arquivo verdadeiro. A F-Secure diz que qualquer movimento do mouse sobre a imagem dá início ao download de programas maliciosos no computador.

O site do falso antivírus aparentemente registra a cidade e o país de origem de cada conexão que recebe, e se a pessoa tenta voltar ao site, é redirecionada para uma página diferente.

A F-Secure alerta, ainda, que este provavelmente não será o único tipo de ataque a tentar usar a morte do ator norte-americano. O internauta não deve clicar em nenhum link que mensagens como esta ofereçam, além de manter um bom antivírus atualizado em sua máquina.

Redação Terra

Faz-me Rir!" tem apresentação adiada para domingo

Alegando motivo de força maior, a Associação Cultural Falano di Tal mudou a data das apresentações de "Faz-me Rir!", inicialmente previstas para acontecer hoje e amanhã, dias 15 e 16 de setembro, no Palácio Popular da Cultura. O espetáculo será apresentado no próximo domingo, dia 20, a partir das 20 horas, no Teatro Dom Bosco.

Segundo Marcelo Leite, da Associação Cultural Fulano di Tal, quem já adquiriu seu ingresso, basta apresentá-lo no domingo na bilheteria do teatro. "Desde já, agradecemos a compreensão de todos, e os esperamos no teatro", afirmou Leite.

segunda-feira, 14 de setembro de 2009

The Killers cancela show no Rio; veja como ser reembolsado

O The Killers não vai mais se apresentar no Rio de Janeiro. Problemas na agenda da banda fizeram que com o show fosse cancelado.

Todos os fãs que já adquiriram ingressos serão ressarcidos no valor total pago. O modo de devolução vai depender do canal utilizado para aquisição.

Veja as instruções para troca
Ingressos adquiridos por telefone e internet:
O reembolso será realizado através de crédito no cartão utilizado para pagamento da compra. A Livepass encaminhará e-mail a todos os clientes com informações sobre o procedimento de reembolso. Não é necessário entrar em contato, pois o estorno será realizado de forma automática.

Ingressos adquiridos nos Quisoques Americanas.com:
O reembolso será realizado através de crédito no cartão utilizado para pagamento da compra. A Livepass encaminhará e-mail a todos os clientes com informações sobre o procedimento de reembolso. Não é necessário comparecer ao Quiosque Americanas.com para solicitar reembolso, pois o estorno será realizado de forma automática.

Ingressos adquiridos na Modern Sound:
O reembolso será realizado na própria loja Modern Sound Copacabana no período de 16 à 30 de setembro, das 09H às 21H de segunda a sábado, mediante a devolução do(s) ingresso(s) adquirido. IMPORTANTE: Ingressos adquiridos em outros pontos de venda, não serão reembolsados na Modern Sound.

AC/DC confirma show em São Paulo em novembro






O grupo australiano AC/DC deve se apresentar no Brasil no dia 27 de novembro, no Estádio do Morumbi, em São Paulo. A informação foi publicada no site oficial da banda.


Segundo o site, a pré-venda de ingressos para membros do fã-clube deve começar no dia 1º de outubro. Os preços e horários serão divulgadas no dia 21 de setembro.

A banda trará uma megaestrutura para se apresentar no País. Um palco de 78m de comprimento e 21m de profundidade e uma locomotiva de seis toneladas que se movimenta durante a apresentação. A estrutura é maior que a de outros shows, como da cantora Madonna, realizado no ano passado.

Black Ice World Tour teve seus ingressos totalmente esgotados nos EUA, Noruega, Suécia, França, Bélgica, Alemanha, Holanda, Itália, Hungria, Espanha, Inglaterra, Portugal e Austrália. No total, o novo espetáculo do AC/DC já vendeu quase 2 milhões de ingressos no mundo.

Aluno de CG é finalista nacional da Olimpíada de Robótica

Edemir RodriguesWeslley é aluno do 3º ano do ensino médio do Joaquim Murtinho
Weslley é aluno do 3º ano do ensino médio do Joaquim Murtinho

O aluno Weslley Henrique Alves Barbosa, do 3º ano do ensino médio, da Escola Estadual Joaquim Murtinho, é um dos 21 finalistas de todo o Brasil na III Olimpíada Brasileira de Robótica (OBR).



Ele conquistou a vaga após aprovação e uma prova escrita, em que respondeu questões de matemática, física e eletrônica. Agora, Weslley embarca para um curso em Brasília, no dia 20 de setembro, onde participará de uma oficina e desenvolverá um robô para disputa a competição de “Luta entre Robôs”.



Weslley, 16 anos, sempre teve vocação para exatas e quer prestar vestibular para Engenharia Civil. “Sempre gostei de exatas e acho fantástica a área de eletrônica e a criação de robôs”, afirmou Weslley. O aluno, após as aulas regulares, se dedica aos estudos. A Escola Estadual Joaquim Murtinho sempre participa de eventos que despertem o interesse e a capacidade dos alunos, como por exemplo as olimpíadas de física, matemática, robótica e desafios de eletrônica, entre outras.



A OBR é uma iniciativa pública da Sociedade Brasileira de Computação (SBC), da Sociedade Brasileira de Automática (SBA) e do Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico (CNPq). Os grandes objetivos da OBR são despertar e estimular o interesse pela Robótica, áreas afins e a ciência em geral e promover a difusão de conhecimentos básicos sobre Robótica de forma lúdica e cooperativa, aproximando alunos do ensino fundamental, médio ou técnico desta importante e estimulante área tecnológica.



A OBR 2009 é coordenada pela Universidade Estadual Paulista (Unesp), com apoio de pesquisadores e professores do ITA, UFRN, UFRGS, FURG, e FEI, entre outras.


Espaço cultural apresenta exposição "Linhas e Cores"

O Espaço Cultural Saneartes apresenta a exposição “Linhas e Cores”, da artista plástica Maria Moreira. A artista utiliza a técnica óleo sobre tela em seus quadros, retratando elementos da natureza. A exposição teve início no dia 8 de setembro e permanecerá no Espaço até 2 de outubro.

A artista plástica já participou de diversas exposições em Campo Grande. Entre elas, mostras coletivas no Sesc Horto; Sesc Camilo Boni; Saneartes, em setembro de 2008; Centro Cultural José Otávio Guizzo, com a mostra “Gotas Verdes”; e Morada dos Baís, com “Arte Viva”; além das mostras individuais “Em Cantos”, na Associação de Artista Plásticos; e outra na Morada dos Baís, durante o mês de março de 2009.

Maria Moreira define-se como uma grande observadora da natureza. A artista fotografa os lugares por onde passa para, posteriormente, reproduzi-los em suas telas. “Vivo da arte de pintar. Amo poder passar meus sentimentos e as vibrações do momento por meio da magia das cores e do desenho”. Para a artista, sua sensibilidade é o diferencial que gera a arte de suas obras. “Isso me faz estar aprendendo sempre”.

As peças da mostra estão à venda. O Espaço Cultural Saneartes está localizado na recepção da Sede Administrativa da Sanesul, na rua Euclides da Cunha 975, Jardim dos Estados, em Campo Grande (MS).

FCMS doa obra “Pelas ruas de Campo Grande” a escolas de CG

O Governo do Estado, por meio da Fundação de Cultura de Mato Grosso do Sul (FCMS) e em parceria com o Instituto Histórico e Geográfico de Mato Grosso do Sul, próxima sexta-feira (18), faz a entrega do livro “Pelas ruas de Campo Grande”, do escritor Paulo Coelho Machado, a escolas da rede estadual, municipal e particular de ensino de Campo Grande. A solenidade acontece a partir das 9h, na Biblioteca Pública Estadual Dr. Isaías Paim. As doações irão compor o acervos das bibliotecas da Capital.

Na ocasião o presidente do Instituto Histórico e Geográfico, Hidelbrando Campestrini, vai fazer uma explanação sobre a obra e sua importância no contexto histórico e desenvolvimentista de Campo Grande. A apresentadora Marisa Machado, filha do autor, também fará uma homenagem ao escritor, por meio de um depoimento sobre a trajetória e literária do pai.

As palestras irão fornecer subsídios aos responsáveis pelas escolas, para o desenvolvimento de um trabalho pedagógico no âmbito da literatura e divulgação dos autores regionais. “O resgate da obra de Paulo Coelho Machado, promovida pelo governo do estado e que enfoca os primórdios de Campo Grande, é de fundamental importância para a divulgação desse autor e da sua obra, além da nossa história”, explicou o presidente da FCMS, Américo Calheiros.

“Pelas ruas de Campo Grande”

O escritor Paulo Coelho Machado legou ao Estado de Mato Grosso do Sul, em suas publicações A Rua Velha, A Rua Principal, A Rua Barão, A Rua Alegre e A Grande Avenida, relíquias da história e memória campo-grandenses.

Com invejável lucidez e pertinaz pesquisa que lhe permitiu reconstituir, fidedignamente, acontecimentos e passagens das mais rotineiras, às memoráveis dos primórdios do cotidiano da Cidade Morena, Paulo Coelho Machado constituiu-se através dessa obra como um pragmático historiador e notável memorialista.

Colhendo depoimentos, recolhendo fotos e dando vida, através dos escritos, às distintas personagens que animaram o espetáculo humano das históricas ruas da atual capital, Paulo Coelho Machado foi insubstituível nesse propósito pelo conhecimento profundo que tinha das pessoas e famílias e pela confiança que nelas inspirava.

Essas obras, agora reunidas em um só volume, indispensáveis para todo aquele que deseja conhecer um pouco da personalidade de Campo Grande, da sua trajetória humana e desenvolvimentista, dos seus trejeitos e de suas vocações, representam, antes de mais nada, uma grande declaração de amor do autor à Capital Morena, sua dileta inspiradora.

A Biblioteca Pública Estadual Dr. Isaías Paim fica no Memorial da Cultura e da Cidadania, na Avenida Fernando Correia da Costa, 559. Mais informações pelo telefone 3316-9175.