terça-feira, 27 de junho de 2017

Pai repreende filho por usar maconha e apanha com paulada

Portal Correio do Estado
Vítima teria apanhado do rapaz outras vezes

Um homem de 40 anos foi agredido pelo filho, de 18 anos, depois de repreendê-lo por usar maconha na manhã de hoje, em Amambai. Jovem é usuário de drogas e já teria batido no pai outras vezes.

Conforme o boletim de ocorrência, vítima flagrou o filho usando drogas e decidiu aconselhar o jovem. Ele então teria respondido ao homem: “você não manda mais na minha vida”. Posteriormente, rapaz pegou um pedaço de madeira e desferiu golpe no braço esquerdo do pai.

Ainda de acordo com o registro, em outra ocasião, o usuário de drogas usou um tijolo de concreto para jogar nas pernas do pai, que teve uma lesão. Homem afirmou que gostaria da intervenção de autoridades para que o filho volte a ter boa conduta.

DIRETOR ESFAQUEADO POR  ALUNO

Neste mês, o diretor de escola Marlon Mochi foi esfaqueado por um aluno, de 16 anos, depois de repeendê-lo por fumar maconha dentro da unidade escolar, em Naviraí. Vítima teve o pulmão perfurado, passou por cirurgia e se recupera em casa.

O jovem foi encaminhado para a Unidade Educacional de Internação (Unei) no último dia 22 de junho. O estudante estava morando em uma fazenda com os pais.

Um dia depois da ocorrência, o aluno apresentou-se na delegacia na companhia do pai. À polícia, ele se disse arrependido e chorou muito. No dia 21, equipe da Polícia Civil foi até a fazenda e deram cumprimento ao mandado de apreensão.

Prefeitura abre processo seletivo com 56 vagas e salário de até R$ 5 mil


Oportunidades são para profissionais de educação física

Prefeitura de Campo Grande abriu processo seletivo para contratação de 56 profissionais da área de educação física, para exercer a função de agente social de Esporte e Lazer no programa “Movimenta Campo Grande”. Salários variam de R$ 2,5 mil a R$ 5 mil.

Inscrições devem ser feitas amanhã e quinta-feira (29), das 8h às 10h30 e das 13h30 às 16h30, na Fundação Municipal de Esportes, localizada na rua Paulo Machado, nº 663, bairro Santa Fé.

Para se inscrever é necessário ser formado em educação física e estar devidamente registrado no Conselho Regional de Educação Física.

Das 56 vagas, oito exigem 40 horas semanais e são para função de coordenador nas práticas esportivas em equipamentos de esporte e lazer (3), ginástica rítmica (1), setorial de futebol (2) e programas de esporte e lazer (2).

Para carga de 30 horas semanais, são 10 vagas distribuídas em modalidades esportivas (4), musculação (2) e futebol (2).

Demais oportunidades, com carga semanal de 20 horas, são para ginástica artística (5), ginástica rítmica (3), paradesporte (2), lutas (5), ginástica geral (8), pilates (6), corrida (4), futebol americano (1), atletismo (1), natação/hidroginástica/atiuvidades aquáticas (2) e modalidades esportivas (3).

Para efetivar a inscrição, candidato deverá entregar a ficha de inscrição preenchida e acompanhada de original e cópia do documento de identificação pessoal, currículo, cópias dos documentos que comprovam as habilitações para o cargo, cursos e comprovantes de experiências profissionais, com os respectivos originais.

Seleção será feita por meio de análise curricular, prova de títulos e entrevista técnica.

Edital completo foi publicado na edição de hoje do Diário Oficial do Município. Ficha de inscrição estará disponível a partir de amanhã no site http://www.capital.ms.gov.br/seges/downloads/funesp.

Vera Fischer é internada no Rio de Janeiro

                                        A atriz Vera Fischer (Marcelo Faustini/Divulgação)

Atriz está na UTI com quadro de pneumonia e responde bem aos tratamentos

Veja

Vera Fischer, 65 anos, foi internada nesta terça-feira na Clínica São Vicente, localizada na Gávea, bairro da Zona Sul do Rio de Janeiro. Segundo a assessoria de imprensa do hospital, a atriz está na UTI com quadro de pneumonia. “Encontra-se com boa evolução clínica, respondendo ao antibiótico realizado e respirando espontaneamente. Não há previsão de alta hospitalar”, diz o boletim médico.


De acordo com a assessora de imprensa de Vera, Liège Monteiro, ela apresentava há um tempo sintomas de uma forte gripe. A assessora afirma que a atriz passa bem e demorou para ir a uma consulta, porque estava viajando o Brasil com a peça Ela é o Cara. Vera aproveitou que a produção saiu de cartaz para tratar a doença antes de começar ensaios para sua nova peça, uma adaptação brasileira do drama Doce Pássaro.

Saiba por que alguns pássaros usam bitucas de cigarro em ninhos

                                        (IStock/Getty Images)

Tentilhões urbanos que vivem na Cidade do México combatem infestações de carrapatos e outros insetos espalhando restos com nicotina em seus abrigos

Veja

Com o objetivo de evitar que seu ninho seja infestado por parasitas, uma espécie de pássaro que vive na Cidade do México utiliza bitucas de cigarro que encontra no chão para fabricar sua “casa”.
Segundo um estudo publicado na última semana no periódico Journal of Avian Biology, os tentilhões (Carpodacus mexicanus) urbanos usam a nicotina e outras toxinas presentes nos restos de cigarros como pesticida, afastando carrapatos e outros insetos – mesmo que, a longo prazo, as substâncias também sejam nocivas às aves e seus filhotes e possam causar problemas genéticos.

Pesquisas anteriores já haviam apontado para a propriedade da nicotina de afastar insetos, porém, os cientistas não tinham certeza de que era por esse motivo que os tentilhões colocavam as bitucas em seus ninhos.

“Uma possibilidade é que os pássaros extraiam as fibras de celulose das bordas descartadas simplesmente porque se parecem com penas”, escrevem no estudo os biólogos Monserrat Suárez Rodríguez e Constantino Macías Garcia, ambos da Universidade Nacional Autônoma do México. Os pesquisadores também levantam a possibilidade de que as bitucas ajudem a manter o ninho aquecido.

Para estudar a estranha prática das aves, os cientistas realizaram experimentos com 32 ninhos de passarinhos da espécie, todos com ovos. Um dia depois de os filhotes nascerem, os pesquisadores removeram o revestimento natural do ninho e o substituíram por feltro artificial, para evitar parasitas que poderiam ter se instalado ali durante a incubação. Então, eles adicionaram carrapatos vivos em 10 ninhos, carrapatos mortos em outros 10, e deixaram os outros 12 livres de insetos.

Observando o comportamento dos tentilhões, os cientistas perceberam que os pássaros adultos eram significativamente mais propensos a adicionar fibras de bitucas de cigarro aos ninhos contaminados com carrapatos. Além disso, em ninhos contendo carrapatos vivos, o peso do material de cigarro adicionado foi, em média, 40% maior do que o peso dos mesmos elementos em ninhos com carrapatos mortos.

Problemas genéticos

Apesar de a prática trazer benefícios para os pássaros — eles não precisam se preocupar com insetos causando danos às penas e chupando o sangue –, os pesquisadores afirmam que as substâncias encontradas nas pontas dos cigarros são tóxicas também para as aves. Outro estudo liderado por Macías Garcia, em 2012, descobriu que quanto mais bitucas eram encontradas nos ninhos dos pássaros, mais anormalidades nos cromossomos estavam presentes nos pais e nos filhotes. Segundo o biólogo, os danos genéticos interferiam na divisão celular e se manifestavam conforme os animais envelheciam.

Jogos do IFMS começam em Dourados



Os Jogos do Instituto Federal de Mato Grosso do Sul (JIFMS) têm início nesta terça-feira, 27, em Dourados. O evento, organizado pela primeira vez fora da capital do Estado, será realizado até sexta-feira, 30, e reúne 255 estudantes dos dez campi da instituição.

A abertura oficial tem início às 19h30, no Ginásio do Sesc, e contará com a presença de todos os atletas participantes e do reitor do IFMS, Luiz Simão Staszczak. Além do tradicional desfile das delegações, a organização prepara uma cerimônia que promete surpresas para o público.

O diretor-geral do Campus Dourados, Carlos Vinícius da Silva Figueiredo, promete uma grande festa na abertura dos JIFMS. "Toda a nossa equipe, formada por servidores e estudantes, está imbuída para a realização da melhor cerimônia de abertura dos Jogos. Queremos fazer uma festa que agrade e envolva a todos", destacou.

Um dos destaques da festa será a apresentação dos Ginasloucos, equipe do Centro Universitário da Grande Dourados (Unigran) reconhecida nacionalmente por shows que misturam basquete e ginástica. "Teremos ainda mais surpresas para os estudantes, pois esta festa está sendo preparada para eles", afirmou o Carlos Vinícius.

O diretor-geral destaca o envolvimento da comunidade interna, servidores e estudantes, para receber as delegações visitantes. "A realização dos JIFMS demonstra que o Campus Dourados é capaz de organizar grandes eventos institucionais, possibilitado pelo engajamento de nossa equipe", reforçou.

A chegada dos estudantes a Dourados está prevista para às 12 horas, quando será feito o credenciamento dos atletas no hotel onde ficarão hospedados.

Programação

As competições de futsal e handebol começam na tarde desta terça-feira, 27, no Ginásio Municipal e Centro Esportivo Jorjão, respectivamente. As disputas têm início às 14 horas e seguem até as 17 horas.

Na quarta-feira, 28, seguem as competições nos períodos matutino (7h30 às 12h) e vespertino (13h30 às 18h). As partidas de futsal e handebol serão realizadas nos mesmos locais. O basquete será disputado no Jorjão e o voleibol no Ginásio do Sesc.

A quinta-feira, 29, será destinada às modalidades individuais: atletismo, judô, natação, vôlei de praia, tênis de mesa e xadrez.

O atletismo será disputado nos dois períodos, no Estádio Douradão, assim como xadrez e tênis de mesa. As partidas do vôlei de praia serão no Parque do Lago.

O local das disputas de judô foi alterado, passando a ser realizadas no Centro de Treinamento Camila Gebara, das 13h30 às 18 horas. As provas de natação serão na piscina da Unigran, das 7h30 às 12 horas.

Na sexta-feira, 30, serão disputadas as finais do futsal, handebol e voleibol, no Jorjão, com início às 7h30. A cerimônia de encerramento será realizada após as finais, às 11h30, fechando o evento.

Moto Road acontece em setembro, com shows de Cidade Negra e MC Gui


                                           Foto:Divulgação
Evento completa 19 anos e acontece no Parque de Exposições Laucídio Coelho

De 6 a 10 de setembro, Campo Grande volta a tremer com o ronco das motocicletas. O Moto Road, maior evento motociclístico da América Latina está de volta! Completando 19 anos, o Moto Road traz, além das inúmeras atrações, dois grandes nomes nacionais para animar o evento. Cidade Negra, com o cantor Toni Garrido, e MC Gui já estão confirmados nas noites do Moto Road. “Estamos completando 19 anos e é um marco. Vai ser uma grande festa e estamos muito animados, com excelentes expectativas”, comenta o organizador, José Lopes.

A banda Cidade Negra, já tem décadas de sucesso e está confirmada também para se apesentar no Palco Sunset do Rock in Rio 2017, onde realizarão uma homenagem ao cantor Gilberto Gil. Um dos ícones do reggae brasileiro, o Cidade Negra, liderado por Toni Garrido vai matar a saudade do público cantando canções que marcaram a história da banda, como os sucessos "Pensamento", "A sombra da maldade", "Girassol", "Onde você mora", "A estrada", "Firmamento", "O Erê", "Querem meu sangue", entre muitos outros.

O cantor MC Gui, revelação dos últimos anos, promete animar a noite, com suas canções dançantes e pretende levar o público jovem que gosta de descontração, ao evento. O cantor, que acabou de completar 19 anos, nasceu em São Paulo, e começou a se aventurar no mundo musical ainda aos dez anos. O primeiro sucesso foi “Ela quer”, e desde então, não parou mais, adquirindo cada vez mais sucesso e seguidores nas redes sociais. “É uma das atrações que os jovens gostam e por ser um festival, buscamos acompanhar tendências, sem nunca deixar de abrir espaços para bandas locais e atrações de outros gêneros”, afirma José.

Diversas bandas locais também vão fazer a trilha sonora do Moto Road, que conta também com exposições de motocicletas, apresentações de manobras radicais, como o famoso Globo da Morte, e esse ano com uma novidade radical. O Moto Road garante dias de diversão em um evento seguro e bem organizado, com espaço para toda a família.

Curta a página do evento e fique por dentro das promoções de comemoração dos 19 anos do Moto Road, da programação e valores, que serão divulgadas em breve: https://www.facebook.com/motoroadoficial/?hc_ref=SEARCH

Elsa empaca caminho de ‘Mulher-Maravilha’ rumo a recorde


                                         Gal Gadot (Mulher-Maravilha) e Elsa (Frozen) (Foto/Reprodução)

Filme atinge marca de maior bilheteria em live-action dirigido por uma mulher. 'Frozen' continua na dianteira com o recorde absoluto no cinema feminino

Veja

Mulher-Maravilha, com direção de Patty Jenkins, tem conquistado recordes de bilheteria relacionados ao fato de ser um dos poucos filmes de ação de grande orçamento em Hollywood dirigido por uma mulher. É a primeira vez, por exemplo, que uma diretora conduz um longa com orçamento maior que 100 milhões de dólares.

Neste fim de semana, Patty conquistou o título de cineasta mulher com a maior arrecadação em bilheteria da história com um porém: o feito é entre os filmes em live-action (com atores reais). O valor ainda é bem menor do que o alcançado pela animação infantil Frozen, estrelada pelas princesas Elsa e Anna, dirigida pela americana Jennifer Lee ao lado de Chris Buck.

Neste final de semana, Mulher-Maravilha atingiu a marca de 652 milhões de dólares arrecadados mundialmente, superando Mamma Mia! (2008), de Phyllida Lloyd, que fez 609 milhões de dólares durante toda a sua temporada em cartaz. Os números são do site especializado Box Office Mojo.

Apesar das altas cifras, os valores ainda estão atrás da bilheteria de Frozen – Uma Aventura Congelante, da Disney. A produção faturou mais de 1,27 bilhão de dólares no mundo todo.

No Twitter, Patty Jenkins foi informada da notícia pela atriz Connie Nielsen, a Rainha Hippolyta do longa, que se disse orgulhosa pelo filme. “Obrigada, minha querida amiga e rainha incrível”, respondeu a cineasta. “Não poderia ter conseguido sem você. Sem todas vocês. Estou honrada em ser parte disso.”

Em sua quarta semana de exibição nos cinemas brasileiros, Mulher-Maravilha continua no topo dos filmes mais assistidos e já atraiu 5,5 milhões de espectadores em todo o país. Confira a lista com os 10 filmes de maior bilheteria no último final de semana no Brasil:

Mulher-Maravilha
A Múmia
O Círculo
Meus 15 anos
Baywatch – S.O.S. Malibu
Piratas do Caribe – A vingança de Salazar
Um Tio quase perfeito
Ao cair da noite
Paris pode esperar
Tudo e todas as coisas
(Com Estadão Conteúdo)

Ivete Sangalo e Claudia Leitte trocam de cadeiras no ‘The Voice’

                                           (Sergio Zalis/TV Globo)

Técnicas do reality musical, cantoras vão assumir novos papéis

Veja

Ivete Sangalo e Claudia Leitte foram confirmadas pela Globo para reprisar o papel de técnicas do The Voice. As duas, contudo, vão encarar uma dança das cadeiras.

Claudia, que é técnica do The Voice Brasil desde sua estreia, em 2012, agora vai para a versão infantil do programa, o The Voice Kids. Enquanto Ivete, que observa os talentos mirins desde 2016, assume o papel de jurada no reality principal, ao lado de Carlinhos Brown, Lulu Santos e Michel Teló.

A terceira temporada do The Voice Kids acontece em 2018. Já o The Voice Brasil finalizou as inscrições recentemente. A nova fase está prevista para este ano.

Governador de MS lança Festival de Inverno de Bonito

                                          Foto:Edenir Rodrigues

O governador destacou as parcerias com o Legislativo estadual, bancada federal, prefeitura de Bonito e setor privado



Reinaldo Azambuja, governador de Mato Grosso do Sul, lançou a 18ª edição do Festival de Inverno de Bonito, que neste ano homenageia os 40 anos de criação do estado.

O governador destacou as parcerias com o Legislativo estadual, bancada federal, prefeitura de Bonito e setor privado, sem os quais, segundo ele, não seria possível promover um evento que será um marco para a cultura regional.

“Manter festivais como este de Bonito é um exercício, que exige o empenho do governo, mas, sobretudo, da participação de todos os segmentos como nesta parceria que nos permitiu anunciar um festival muito representativo e nesse nível de amplitude, em celebração aos nossos 40 anos de Mato Grosso do Sul”, afirmou Reinaldo Azambuja.

Ao apresentar o novo formato do festival, o secretário de Estado de Cultura e Cidadania, Athayde Nery, ressaltou que esta edição comemorativa dos 40 anos de Mato Grosso do Sul une a maturidade do Estado, criado em 11 de outubro de 1977, e a maioridade do FIB, que completa 18 anos. “Vamos fazer um festival da transversatilidade, do respeito às pessoas, da cidadania, construindo e anunciando o futuro para os próximos 40 anos com uma política pública duradoura”, citou.

Nery enfatizou as personalidades homenageadas no próximo FIB, a professora e escritora Maria da Glória Sá Rosa, que morreu em 2016, e a dupla Bete e Betinha, ícone da música sertaneja de Mato Grosso do Sul, a qual terá participação especial no show de Tetê Espíndola e Alzira Espíndola. O secretário informou, ainda, que o número de atrações nesta edição passa de 83, em 2016, para 149, neste ano, sendo 130 com participação apenas de artistas regionais.

A programação do festival pode ser conferida no site do Governo do Estado.

Trabalhador tem até sexta-feira para sacar o PIS/Pasep


O prazo para os trabalhadores sacarem o PIS/Pasep termina na próxima sexta-feira (30). O valor do abono varia de R$ 78 a R$ 937, dependendo do tempo que a pessoa trabalhou. Têm direito ao benefício os trabalhadores inscritos no programa há pelo menos cinco anos e que tenham exercido atividade remunerada formalmente por pelo menos por 30 dias em 2015.

O ministro do Trabalho, Ronaldo Nogueira, diz no site do ministério que é preciso ficar atento ao prazo. “O abono salarial é um direito que o trabalhador tem. Esse dinheiro é do trabalhador, portanto, não perca o prazo”, alertou.

Segundo dados do Ministério do Trabalho, até essa segunda-feira (26) cerca de 1,6 milhão de trabalhadores, número que corresponde a 6,65% do total com direito ao abono salarial, ainda não retiraram o benefício. O valor disponível soma R$ 1,1 bilhão.

Para o trabalhador saber se tem direito ao abono, o ministério disponibilizou o telefone 158 e o link http:http://verificasd.mtb.gov.br/abono/ / . Basta digitar o número do PIS/Pasep ou do CPF e a data de nascimento.

O PIS pode ser sacado em qualquer agência da Caixa ou em casas lotéricas, mediante a apresentação do Cartão Cidadão e de documento de identificação. Mais informações podem ser obtidas pelo telefone 0800 726 0207, da Caixa.

Com relação aos servidores públicos, é preciso verificar se o Pasep foi depositado em conta. Caso contrário, deverão buscar uma agência do Banco do Brasil e apresentar documento de identificação. Para mais informações, o Banco do Brasil disponibiliza o número 0800 729 0001.

Janot denuncia Temer por corrupção passiva, cobra R$10 mi e diz que presidente "ludibriou brasileiros"


                                          Foto:Divulgação

Por Ricardo Brito e Lisandra Paraguassu

Reuters

O procurador-geral da República, Rodrigo Janot, ofereceu denúncia criminal na noite desta segunda-feira contra o presidente Michel Temer e o ex-assessor presidencial e ex-deputado Rodrigo Rocha Loures (PMDB-PR) pelo crime de corrupção passiva a partir da delação dos executivos da JBS.

Conforme mostrado pela Reuters na sexta-feira, o chefe do Ministério Público Federal decidiu fatiar as acusações contra o presidente. Essa é a primeira denúncia.

É a primeira vez que um presidente é denunciado criminalmente pela PGR no exercício do cargo.

Na acusação de 64 páginas protocolada no gabinete do ministro Edson Fachin, do Supremo Tribunal Federal (STF), Janot disse que Temer se valeu da condição de "chefe do Poder Executivo e liderança política nacional" para receber para si, por intermédio de Rocha Loures, vantagem indevida de 500 mil reais ofertada por Joesley Batista, da JBS, com pagamento operado pelo executivo Ricardo Saud, da J&F, controladora da JBS.

Para o procurador-geral, Temer e Rocha Loures também atuaram na promessa de outra vantagem indevida no valor de 38 milhões de reais, referente ao que seria o pagamento pela JBS para que eles resolvessem pendências do grupo no Conselho de Administrativo de Defesa Econômica (Cade). Os 500 mil reais pagos pela empresa eram, segundo as investigações, a primeira parcela desse acerto milionário.

O chefe do Ministério Público Federal determinou a remessa de cópia integral dos autos à Justiça Federal de Brasília a fim de que a Procuradoria da República no Distrito Federal apure a eventual prática de crime de servidores do Cade e da Petrobras.

O procurador-geral acusa Temer de ter "ludibriado" o povo brasileiro.

"Com efeito, não se nega que Michel Temer tem, atualmente, projeção política. Afinal de contas, é o atual presidente da República, tendo sido vice-presidente da República de 2011 a 2016", diz Janot na denúncia.

"Ludibriou os cidadãos brasileiros e, sobretudo, os eleitores, que escolheram a sua chapa para o cargo político mais importante do país, confiando mais de 54 milhões de votos nas últimas eleições", criticou.

Para o chefe do MPF, não há dúvida, portanto, de que o delito perpetrado pelos imputados Michel Temer e Rodrigo Loures, em comunhão de ação e unidade de desígnios, causou abalo moral à coletividade, interesse este que não pode ficar sem reparação".

Janot pede que, levando em conta o reflexo do ato espúrio que cometeram, Temer seja condenado a pagar 10 milhões de reais em indenização por danos morais e Rocha Loures, 2 milhões de reais.

O advogado do presidente, Antônio Cláudio Mariz de Oliveira, disse que a defesa não vai se pronunciar sobre a denúncia até ter acesso a ela e poder examiná-la.

A denúncia foi recebida com silêncio no Palácio do Planalto.

PMDB DA CÂMARA

Segundo Janot, as investigações do inquérito indicam não apenas a continuidade da atividade da organização criminosa pelos denunciados Temer e Rocha Loures, mas possivelmente a participação do ex-ministro Geddel Vieira Lima, apontado como "homem de confiança" do presidente para o trato de negócios escusos, e os atuais ministros da Secretaria-Geral, Moreira Franco, e da Casa Civil, Eliseu Padilha.

O trio Geddel, Moreira e Padilha, contudo, não foram acusados criminalmente na denúncia. Ainda assim, Janot disse que há outro inquérito que apura se Moreira e Padilha pediram, em nome do PMDB e de Temer, vantagem indevida e se teria havido pagamento de propina pela Odebrecht em concessões da Secretaria de Aviação Civil.

"Os fatos devem ser analisados no contexto da organização criminosa aqui mencionada, com especial atenção para o núcleo do PMDB da Câmara. As práticas espúrias voltadas a atender interesses privados, a partir de vultosos recursos públicos, não se restringem àqueles reportados na denúncia ora ofertada. Percebe-se que a organização criminosa não apenas esteve em operação, em passado recente, como também hoje se mantém em plena atividade", afirmou.

CONTINUIDADE

Janot defende a manutenção das prisões preventivas do empresário Lúcio Funaro e do ex-presidente da Câmara Eduardo Cunha (PMDB-RJ) para permitir a continuidade das investigações sobre Temer por outros crimes.

Ele argumentou que o relatório final da Polícia Federal só chegou nesta segunda-feira às suas mãos, o que demandará uma "análise mais cuidadosa, aprofundada e responsável" para formar sua opinião.

O relatório final da PF concluiu por indiciar o presidente e Geddel pelo crime de obstrução de Justiça.

O procurador-geral citou na denúncia ao menos cinco pessoas, a partir de depoimentos, que seriam intermediários no repasse de valores ilícitos para Temer e Rocha Loures. Entre eles, o advogado José Yunes, que chegou a ser cotado para assumir o Ministério da Justiça e foi seu assessor especial até ser envolvido na operação Lava Jato.

Em um dos casos relatados, segundo a denúncia, houve uma atuação para se editar um ato normativo este ano que iria beneficiar a Rodrimar S.A. e Janot pede a instauração de outro inquérito para apurar suspeitas de irregularidades nessa negociação que envolvia o uso de portos marítimos.

Pede também que, em 30 dias, a Polícia Federal tome ao menos quatro depoimentos, entre eles o do subchefe de Assuntos Jurídicos da Presidência, Gustavo Rocha.

Janot também pediu vista dos autos do inquérito 3.105, que é relatado pelo ministro Marco Aurélio Mello, para apurar o caso de suposto pagamento de propina a Temer na Companhia Docas do Estado de São Paulo (Codesp) à luz de novos fatos sob investigação.

CÂMARA DOS DEPUTADOS

Na denúncia, Janot pede que o STF, conforme lei referente à tramitação de ações penais na Corte, dê 15 dias de prazo para a defesa do presidente se manifestar.

Depois dessa etapa, os autos seguem a Câmara dos Deputados, que deverá decidir se autoriza o Supremo a processar Temer. São necessários os votos de 342 deputados para autorizar o STF a levar o caso adiante.

Procurados, lideranças e deputados governistas preferiram não tecer comentários, alegando ainda não conhecer o inteiro teor da denúncia.

Líderes da oposição, por seu lado, ressaltaram a gravidade da situação e fizeram previsões de que o governo terá dificuldades para barrar a denúncia na Câmara.

"Deputados terão que se decidir se a fidelidade é com um criminoso ou com o país", disse o deputado Ivan Valente (PSOL-SP). "A votação da denúncia da PGR na Câmara é nominal, os deputados terão que mostrar a cara."

(Reportagem adicional de Maria Carolina Marcello)

segunda-feira, 26 de junho de 2017

Relatório final da PF indicia Temer e Geddel por obstrução de Justiça



Por Lisandra Paraguassu e Ricardo Brito

BRASÍLIA (Reuters) - O relatório final da Polícia Federal do inquérito que investiga o presidente Michel Temer concluiu por indiciar o presidente e o ex-ministro da Secretaria de Governo Geddel Vieira Lima pelo crime de obstrução de Justiça no episódio da compra do silêncio do ex-presidente da Câmara Eduardo Cunha (PMDB-RJ) e a Lúcio Funaro para evitar que ele fizesse uma delação premiada.

No relatório de 54 páginas, encaminhado ao Supremo Tribunal Federal (STF) nesta segunda-feira, a PF disse que Temer "incentivou a manutenção dos pagamentos ilegítimos a Eduardo Cunha", pelo empresário Joesley Batista, da JBS.

A PF também afirmou que o presidente "deixou de comunicar autoridades competentes de suposta corrupção de membros da Magistratura Federal e do Ministério Público Federal que lhe fora narrada pela mesmo empresário".

Pelo mesmo crime, os delegados Thiago Machado Delabary e Marlon Oliveira Cajado dos Santos indiciaram Geddel Vieira Lima. Segundo eles, o ex-ministro manifestou interesse junto a executivos do grupo J&F na manutenção de pagamentos a Lúcio Funaro como forma de dissuadi-lo de uma colaboração com a Justiça, chegando, inclusive, a monitorar familiares do empresário.

Os delegados também apresentaram ao ministro do STF Edson Fachin, relator da Lava Jato no Supremo, uma representação para compartilhar as provas do inquérito contra Temer com outro em curso no STF, o de número 4327, que apura a existência de uma "organização criminosa" envolvendo o chamado grupo político do PMDB da Câmara com supostos desvios da Petrobras. Eles pedem que, naquele caso, Temer entre no rol de investigados.

Joesley também foi indiciado por crime de obstrução de Justiça.

ESCLARECIMENTO

A PF relata no inquérito encaminhado ao STF que Joesley esclareceu à Procuradoria-Geral da República que a mencionada corrupção de magistrados "de fato não ocorreu".

Mas o empresário destacou que não tenha faltado com a verdade quando se referiu ao membro do Ministério Público --é mencionado o caso envolvendo o procurador da República Ângelo Goulart Villela, que teve a prisão preventiva decretada, justamente por suspeitas de ter sido corrompido pelo grupo J&F.

O procurador teria, como integrante da força-tarefa da operação Greenfield, antecipado-lhes fatos sob investigação em troca do pagamento de propina.

"A parcial veracidade da afirmação não altera o quadro fático-jurídico --afastando a hipótese de 'crime impossível'-- tampouco abranda a gravidade que o reveste", diz o relatório.

"Sua Excelência (Temer), apesar de não ter estimulado a prática que Ihe foi confessada, tendo apenas tomado ciência e concordado --sem ênfase-- tinha, como qualquer agente do Estado tem, por força legal, a obrigação de levar às autoridades competentes as revelações de Joesley, as quais, reitere-se, frente ao contexto, não estavam desprovidas de verossimilhança. Ao contrário, soavam harmônicas com o avanço de diversas investigações que, pouco a pouco, vinham jogando luz em operações fraudulentas perpetradas pela grupo J&F", destacou.

ADULTERAÇÃO

Os delegados também destacam o fato constante do laudo pericial de que não houve "qualquer forma de adulteração" na gravação da conversa entre Temer e Joesley, "atestando, assim, a legitimidade plena da prova para a instrução criminal". Essa era uma das principais linhas de atuação das defesas de Temer e do ex-assessor especial dele Rodrigo Rocha Loures, preso preventivamente.

"Quanto as 'descontinuidades' verificadas, como bem esclarecido, decorreram de características do próprio equipamento utilizado na gravação, mais especificamente de sua sensibilidade para a captação de som, provocando a ativação e desativação com maior ou menor intensidade sonora, respectivamente", disse.

Para os delegados, é possível constatar com absoluta aptidão que o arquivo de áudio poderia servir como elemento de convicção do presente inquérito.

A PF conclui que a única interpretação possível do diálogo entre Temer e Joesley é a seguinte: "o Exmo. Sr. Presidente da Republica entendeu que o 'bom relacionamento' aludido por Joesley encerrava a ideia de apoio financeiro prestado a Eduardo Cunha e, assim, inequivocamente, incentivou a sua manutenção com as expressões 'tem que manter isso, viu?', seguindo-se a complementação do empresário: 'todo mês'".

Os delegados dizem que o diálogo travado sinaliza "efetivamente" que Temer, ao receber o relato do empresário, avalizou e aderiu a ação que estava em curso, recomendando a sua continuidade.

PGR apresenta denúncia contra Temer por corrupção passiva



Por Ricardo Brito e Lisandra Paraguassu

BRASÍLIA (Reuters) - O procurador-geral da República, Rodrigo Janot, apresentou nesta segunda-feira denúncia contra o presidente Michel Temer sob acusação de corrupção passiva ao Supremo Tribunal Federal (STF), segundo o despacho da PGR.

Pela primeira vez, um presidente é denunciado criminalmente pela Procuradoria-Geral da República (PGR) no exercício do cargo.

A expectativa é que a peça acusatória contra o presidente seja encaminhada agora à Câmara dos Deputados, que deverá decidir se autoriza o Supremo a processar Temer. São necessários os votos de 342 deputados para autorizar o STF a levar o caso adiante.

Dia 26 de junho, Dia Nacional do Diabetes






No dia 26 de junho se “comemora” o Dia Nacional do Diabetes, em parceria do Ministério da Saúde com a Organização Mundial da Saúde (OMS), devido ao aumento do interesse em torno do diabetes no mundo e o crescente de sua incidência.

O Diabetes tipo 1 (DM1) é um distúrbio caracterizado pela destruição das células produtoras de insulina, através de mecanismos imunológicos (anticorpos produzidos especificamente contra o pâncreas do portador). Quando isso acontece, é preciso aplicar insulina, ou seja, repor o hormônio, para viver e se manter saudável. Nesse caso as pessoas precisam de injeções diárias para regularizar o metabolismo do açúcar.

O Diabetes do tipo 2 (DM2) possui um fator hereditário maior do que no tipo 1. Além disso, há uma grande relação com a obesidade e o sedentarismo. Estima-se que 60% a 90% dos portadores da doença sejam obesos. A incidência é maior após os 40 anos. Uma de suas peculiaridades é que o problema inicial não está no pâncreas, que continua produzindo insulina, e sim na periferia, onde esse hormônio não consegue realizar a sua função de realizar o transporte da glicose do sangue para o interior das células do corpo. Caracteriza-se assim a “resistência a insulina”.

As altas taxas de glicose acumuladas no sangue, com o passar do tempo, podem afetar os olhos, rins, nervos ou coração, sendo das mais importantes causas de cegueira, insuficiência renal, amputações e doenças cardiovasculares, particularmente infarto e acidente vascular cerebral.

Em décadas recentes, o avanço da medicina e a eficácia de novas drogas foram de grande importância no combate de fatores de risco cardiovasculares. Ainda assim, a prevalência de Obesidade e Diabetes Mellitus é maior a cada nova estatística.

É fato que, no contexto do desenvolvimento econômico mundial, o balanço de energia vem claramente tendendo para o excesso de ingestão calórica e para a diminuição do gasto de energia. Este balanço energético positivo tem resultado numa explosão epidêmica da obesidade e suas patologias associadas.

O tecido adiposo, antes visto como um depósito de triglicérides metabolicamente sem função agora é considerado um órgão endócrino complexo e altamente ativo, secretor de substâncias chamadas “adipocinas”, envolvidas diretamente no mecanismo da descrita “resistência a insulina” e conseqüente Diabetes tipo 2.

Assim tanto para prevenção quanto para o tratamento do Diabetes, são necessárias e fundamentais as mudanças no estilo de vida.

Ter uma vida saudável é um desafio para todos nós. O desenvolvimento dos recursos tecnológicos geralmente implica em tornar o indivíduo cada vez mais sedentário, assim como a necessidade da praticidade no preparo das refeições, devido a falta de tempo, acarreta hábitos alimentares também pouco saudáveis.

Esse conjunto de fatores, que deveriam tornar nossas vidas mais produtivas, acaba por comprometer a produtividade em função da maior incidência de doenças como o Diabetes.

Quebrar esse círculo vicioso, através de alimentação balanceada e atividade física passa a ser um verdadeiro desafio para que futuramente possamos aí sim “comemorar” o Dia Nacional de PREVENÇÃO do Diabetes.

Ricardo Meni Gonçalves
Especialista pela Sociedade Brasileira de Endocrinologia e Metabologia - SBEM
Médico cooperado Unimed Itajubá

É improvável que Paulinho acerte transferência para o Barcelona, diz Felipão

Reuters                             Foto:Divulgação

O técnico do time chinês Guangzhou Evergrande, Luiz Felipe Scolari, considera improvável que o meio-campista Paulinho acerte uma transferência para o Barcelona, uma vez que as regras da Superliga Chinesa tornam muito caro encontrar um substituto para ele na equipe.
A atual forma do jogador da seleção brasileira pelo clube tem sido impressionante desde que ele foi contrato dois anos e meio atrás, e o meio-campista de 28 anos admitiu na semana passada que o clube catalão havia demonstrado interesse em levá-lo para a Espanha.
Scolari, no entanto, minimizou as especulações sobre um possível retorno do ex-jogador do Tottenham ao futebol europeu devido às dificuldades que seu clube teria para contratar um substituto.
"A cláusula de liberação dele é de 40 milhões de euros, e nenhum clube chinês deixará seus principais jogadores sair porque seria difícil e caro encontrar um substituto devido às novas regras", disse o ex-técnico da seleção brasileira a repórteres.
As novas regras na China significam que os clubes têm de pagar uma taxa de 100 por cento à Associação Chinesa de Futebol sobre os valores das transferência acima de 45 milhões de iuanes (6,58 milhões de dólares) no caso de jogadores estrangeiros. O valor tem como destino o desenvolvimento de jovens jogadores chineses.
Como resultado, a atual janela de transferências --que foi aberta na segunda-feira passada-- tem estado parada, sem nenhuma contratação de jogadores de fora do país ao contrário das várias transferências registradas na janela passada.

(Reportagem de Michael Church em Hong Kong)

Facebook está em negociações com Hollywood para produção de programas de TV originais


Reuters                               Foto:Divulgação


O Facebook está em negociações com estúdios de Hollywood para a produção de programas com qualidade de TV, com o objetivo de lançar uma programação original no terceiro trimestre, informou o Wall Street Journal no domingo.

O gigante das redes sociais indicou que está disposto a comprometer-se com orçamentos de produção de até 3 milhões de dólares por episódio, em reuniões com agências de talentos de Hollywood, informou o Journal, citando pessoas familiarizadas com o assunto.

O Facebook espera atingir o público entre 13 e 34 anos, com foco na faixa de 17 a 30 anos. A empresa já escalou "Strangers", um drama de relacionamento e um game show, "Last State Standing", disse a reportagem.

"Estamos focados em programas em série e em ajudar todos os nossos parceiros a entender o que funciona em diferentes verticais e tópicos", disse Nick Grudin, vice-presidente de parcerias de mídia do Facebook.

Espera-se que a empresa libere episódios de forma tradicional, em vez de liberar uma temporada inteira de uma só vez como Netflix
A empresa também está disposta a compartilhar seus dados de audiência com Hollywood, segundo a reportagem.

Apple Inc contratou os co-presidentes da Sony Pictures Television, Jamie Erlicht e Zack Van Amburg, no início deste mês, para liderar seus esforços de programação de video.

A Apple começou sua esperada incursão em séries originais de televisão na semana passada, com um reality show chamado "Planet of the Apps", um programa sem script sobre desenvolvedores tentando atrair o interesse de mentores em 60 segundos enquanto sobem uma escada rolante.

(Por Abinaya Vijayaraghavan em Bangalure)

"Transformers: O Último Cavaleiro" obtém menor renda da franquia em estreia



Parece que a franquia "Transformers" está enferrujada. Dados sugerem que "Transformers: O Último Cavaleiro", o quinto filme da série dirigida por Michael Bay, arrecadou 69,1 milhões de dólares nos cinemas dos Estados Unidos nos cinco dias de seu final de semana de estreia nos Estados Unidos.

É o valor mais baixo da franquia, cujo primeiro título arrecadou 70,5 milhões de dólares em 2007. "O Último Cavaleiro" teve um custo de produção estimado em 217 milhões de dólares.

Os números fazem do lançamento o mais recente de uma leva de blockbusters do verão norte-americano que se voltam para as bilheterias estrangeiras para ter chance de lucro -- na China, a sequência da série de ação arrecadou 41 milhões de dólares só no dia da estreia.

A renda internacional acumulada projetada até o domingo é de 196,2 milhões de dólares, sendo 123,4 milhões das salas chinesas.

"O Último Cavaleiro" chega em um momento no qual o estúdio Paramount está precisando de um grande sucesso de público devido aos fiascos "Baywatch" e "A Vigilante do Amanhã – Ghost in the Shell".

Embora o "Transformers" mais recente tenha sido anunciado como o "capítulo final" e o último sob os cuidados de Bay, a franquia irá continuar. A Paramount tem ao menos mais dois títulos em mente, incluindo um filme derivado da saga que pode ser estrelado por Hailee Steinfeld.

A franquia tem um histórico de lucros imensos e de ótimos resultados nas sequências. Juntos, os quatro primeiros filmes renderam mais de 1,3 bilhão de dólares domesticamente e bem mais de 3,5 bilhões no exterior.

A aventura mais recente gira em torno de uma aliança entre Bumblebee, Cade Yeager --que Mark Wahlberg também interpretou em "A Era da Extinção", de 2014-- e os personagens vividos por Anthony Hopkins e Laura Haddock, estreantes na franquia, que juntos salvam o mundo.

As plateias deram ao filme uma nota B+, segundo a empresa de medição CinemaScore, mas a maioria dos críticos o rejeitou -- sua aprovação atual é de 15 por cento no site de resenhas Rotten Tomatoes.

"O Último Cavaleiro" foi imbatível nas bilheterias no final de semana, mas alguns lançamentos independentes mostraram força.

A refilmagem "O Estranho que Nós Amamos", de Sofia Coppola, foi exibida em apenas quatro cinemas e deve render 240.545 dólares antes de entrar em cartaz em mais 500 salas no próximo fim de semana.

"Mulher Maravilha" continua a registrar números impressionantes e se manteve na segunda colocação em seu quarto final de semana de exibição. Neste fim de semana deve arrecadar mais 25,2 milhões de dólares, totalizando 318,4 milhões de dólares só no mercado norte-americano.

Lula lidera com 30% e Bolsonaro e Marina empatam em 2º lugar em eleição de 2018, diz Datafolha


Reuters


O ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva (PT) manteve a liderança nas intenções de voto para a eleição presidencial de 2018 com 30 por cento da preferência do eleitorado, à frente da ex-ministra Marina Silva (Rede) e do deputado Jair Bolsonaro (PSC), que aparecem empatados com 15 por cento, de acordo com pesquisa Datafolha divulgada nesta segunda-feira.

Em cenário tendo o prefeito de São Paulo, João Doria, como candidato do PSDB, Lula passou de 31 por cento em abril para os atuais 30 por cento, enquanto Bolsonaro foi de 13 por cento para 15 e Marina saiu de 16 para os mesmos 15 por cento. O tucano aparece em quarto lugar, com 10 por cento, um ponto acima do levantamento anterior.

Lula também alcança os 30 por cento de preferência do eleitorado quando o governador paulista, Geraldo Alckmin, substitui Doria como concorrente do PSDB. Nesse cenário, Bolsonaro fica um ponto à frente de Marina, 16 a 15 por cento, e o tucano aparece com 8 pontos. Bolsonaro sobe ante os 5 por cento de levantamento realizado em dezembro de 2015, enquanto Marina cai dos 24 por cento que possuía.

Em simulações para o 2º turno, Lula vence Alckmin (45 a 32 por cento), Doria (45 a 34) e Bolsonaro (45 a 32), mas empata com Marina (40 a 40), de acordo com o Datafolha. Em uma eventual disputa entre Marina e Bolsonaro, a ex-ministra venceria por 49 a 27 por cento.

Apesar da liderança nas intenções de voto, Lula também aparece em primeiro lugar na lista das maiores rejeições, com 46 por cento, seguido por Alckmin (34) e Bolsonaro (30).

A pesquisa Datafolha foi realizada entre os dias 21 e 23 de junho, com 2.771 pessoas, em 194 cidades. A margem de erro é de 2 pontos percentuais.

(Por Pedro Fonseca, no Rio de Janeiro)

Homem que matou ex estrangulada teria obrigado jovem a abortar

Autor continua foragido


Correio do Estado

Allan Cézar Santos Morais, apontado como assassino da ex-mulher, teria obrigado a vítima Hevellyn de Abreu Xavier, 24 anos, a abortar dias antes de ser morta. Fato ainda está sendo investigado.

Segundo informações da polícia, Allan já tinha passagem por maus tratos aos filhos, ainda quando era casado com a vítima. Casal tem três filhos e, devido a sequência de maus tratos, perdeu a guarda das crianças, que foram levadas para um abrigo na cidade.

Após a perda da guarda das crianças, casal se separou e Hevellyn ficou morando sozinha na residência, porém, o ex-marido sempre ia até a casa ameaçar a vítima porque não aceitava o fim do relacionamento.

Conforme relatos do atual namorado da vítima à polícia, Hevellyn estava grávida dele e o ex-marido não aceitava a ideia de ela estar grávida de outro homem. Então, Allan obrigou a vítima a tomar remédio abortivo e, uma semana depois, a mulher foi encontrada morta. Essas informações ainda serão confirmadas pela delegada Letícia Móbis da Delegacia da Mulher (DAM) de Três Lagoas, que está responsável pelo caso.

O CASO

Hevellyn de Abreu Xavier, de 24 anos, foi estrangulada até a morte pelo ex-marido e o corpo, já em decomposição, encontrado na tarde de ontem (25), na residência onde morava, no Bairro Jardim das Oliveiras, em Três Lagoas.

Ex-marido da vítima está foragido e é considerado o principal suspeito do crime, depois de enviar um áudio de WhatsApp avisando a mãe da vítima e confessando ter cometido o assassinato.

A polícia esteve no local para realizar os procedimentos de praxe e caso foi encaminhado para a Delegacia da Mulher de Três Lagoas.

Denúncias “zeram” jogo político para 2018 em Mato Grosso do Sul

                                         Foto:Bruno Henrique
Juiz federal Odilon de Oliveira pode ser opção de um dos partidos para as eleições de 2018

A demonização da política - com Lava Jato, Lama Asfáltica, Coffee Break e delação dos donos da JBS, irmãos Joesley e Wesley Batista - derrubou praticamente todas as principais lideranças políticas de Mato Grosso do Sul e “zerou”o jogo do processo sucessório eleitoral, em 2018. Hoje, todas elas estão afundando na mesma embarcação atingida pelo bombardeio das denúncias de pagamento de propinas.a reportagem, de Adilson Trindade, na edição de hoje do jornal Correio do Estado.

Como ninguém escapou, abre-se caminho para surgimento de novos líderes políticos no Estado para disputa sucessória no próximo ano. Um dos nomes destacados nas pesquisas para consumo interno é do juiz federal Odilon de Oliveira, conhecido nacional e internacionalmente por combater com rigor o narcotráfico na fronteira do Brasil com Paraguai e Bolívia. Por causa desse ataque ao crime organizado, o magistrado recebe proteção 24 horas da Polícia Federal.

O surgimento do nome de Odilon, por exemplo, se dá em virtude do desgaste dos políticos em atividades. Até mesmo os não acusados de envolvimento em denúncias de corrupção são alvos de críticas. Ele seria opção tanto para governador quanto para senador.

Bandido é morto a tiros ao tentar assaltar suboficial da polícia

Vítima reagiu, sacou arma de fogo e matou o assaltante


Danilo Araújo Montania, de 22 anos, foi morto a tiros quando tentava assaltar um homem que seria suboficial da polícia paraguaia. Caso aconteceu ontem à noite, na cidade de Ponta Porã.

Conforme o Porã News, Danilo conduzia motocicleta que também era ocupada por mulher que estava na garupa. Dupla então abordou a vítima e o condutor da moto, que estava armado, anunciou o assalto.

A vítima reagiu, sacando arma de fogo e atirando contra Danilo, que morreu no local. Já a mulher, fugiu, mas foi identificada e é procurada pela polícia.

Ex-marido mata jovem estrangulada e avisa família dela pelo WhatsApp


Suspeito confessou o crime através de áudio

Correio do Estado

Hevelyn de Abreu Xavier, de 24 anos, foi encontrada morta na tarde de ontem (25), na residência onde morava, na Rua Antônio Pinelli, no Bairro Jardim das Oliveiras, em Três Lagoas. Principal suspeito do crime é o ex-marido, Allan Cezar Santos Morais, de 33 anos, que está foragido.

Consta em boletim de ocorrência, que uma testemunha que não foi identificada, recebeu ligação da mãe da vítima que não mora na cidade e informou que havia recebido um áudio em que o ex-marido da filha confessava que havia matado a jovem no dia anterior.

Conforme o áudio entregue à polícia, o suspeito enviou a seguinte mensagem a um amigo, para que ele compartilhasse com a mãe da jovem: "liga prá mãe dela e avisa cara, faz esse favor aí, ela pisou na bola demais comigo cara, ela ficou só me usando, ficando comigo e com o cara lá, aí eu não aguentei as humilhações, o ódio e o ciúmes tomou conta de mim, a gente acabou discutindo, brigando, ela veio prá cima de mim, tentando me engarguelar, aí eu prá me defender, acabei de fazer essa besteira aí, essa desgraça cara e agora já é tarde, ela ta lá na casa, lá morta", afirmou o suspeito.

Testemunha, a pedido da mãe, foi até a residência da jovem, onde arrombou a porta e encontrou a vítima caída no chão, sem vida. A polícia e o Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu) foram acionados no local para os devidos procedimentos.

De acordo com a perícia, corpo da vítima estava em estado de decomposição, o que indica que a vítima foi morta mais de 24 horas antes de ser encontrada. Ainda conforme a perícia, a causa da morte da jovem seria por estrangulamento. Corpo da vítima foi encaminhado até o Instituto de Medicina e Odontologia Legal (Imol) para procedimentos e depois liberado à família.

Caso foi registrado na Delegacia de Pronto Atendimento Comunitário (Depac), onde está sendo investigado. A polícia apreendeu o celular da testemunha para tentar chegar ao celular do autor, mas até agora, suspeito ainda não foi encontrado.

Bayern quer R$ 187 mi por Douglas Costa e assusta a Juventus, diz revista


Folha Press                          Foto:Sport TV


A Juventus pretende reforçar seu sistema ofensivo com o meia Douglas Costa e está disposta a investir uma quantia vultosa pela contratação. No entanto, a revista alemã "Kicker" informou que o valor pedido pelo Bayern assustou os dirigentes italianos. O clube de Munique teria pedido 50 milhões de euros (R$ 187 milhões).

A Juventus considerou exagerado valor proposto pelo Bayern e se dispôs a pagar 40 milhões de euros (R$ 149,6 milhões).

Representantes das duas equipes se encontraram duas vezes, mas o acordo não avançou. Douglas Costa está disposto a seguir para a Itália e aceitou as bases salariais oferecidas pelo time de Turim.
Douglas deve receber 6 milhões de euros (R$ 22,4 milhões) de salário por temporada.

O meia brasileiro tem vínculo com o Bayern até junho de 2020.

Desde a chegada do técnico Carlo Ancelotti, Douglas Costa tem sido pouco utilizado no elenco do time bávaro. Na última temporada, o atleta ex-Grêmio entrou em campo em 34 partidas e marcou sete gols.

Ivete e outras celebridades defendem Fábio Assunção

                                         Fabio Assunção (Rafael Campos/TV Globo)

‘Fábio é uma pessoa boa. Está doente e em doença não se tripudia’, disse Glória Perez sobre ator que foi preso em Pernambuco

Veja

Ivete Sangalo, Glória Perez, Walcyr Carrasco, Drica Moraes e Leandro Hassum foram algumas das celebridades que saíram em defesa de Fábio Assunção.

O ator foi preso por desacato, resistência e dano ao patrimônio público no último sábado, 24 de junho, em Arcoverde, no sertão de Pernambuco.

Drica, que protagoniza ao lado de Assunção a nova série da Globo, A Fórmula, prevista para estrear em julho, foi uma das primeiras a se manifestar com um vídeo no Instagram. “Eu sou amiga do Fábio. Eu acabei de rodar uma série para a televisão com o Fábio. E ele é uma das pessoas mais preparadas para o convívio social que eu conheço. Para o convívio profissional, político, social. Ele tem um olhar para qualquer pessoa extremamente carinhoso e humano”, diz a atriz. Na legenda do vídeo ela escreveu: “Eu sou Fábio Assunção”.

Moro condena Palocci a doze anos de prisão na Lava Jato

                                          Foto;(Vagner Rosário/VEJA.com)

Ex-ministro da Fazenda é acusado de participar de esquema de propinas envolvendo a atuação da Odebrecht em contratos com a Petrobras



O juiz federal Sérgio Moro, responsável pelos processos da Operação Lava Jato em 1ª instância, condenou, na manhã desta segunda-feira, o ex-ministro da Fazenda Antonio Palocci Filho a doze anos, dois meses e 20 dias de prisão pelos crimes de corrupção passiva e lavagem de dinheiro.

A decisão foi proferida em um processo que envolve a atuação da Odebrecht em contratos com a Petrobras, favorecida em troca de repasses de propina ao PT. A sentença também condenou o empresário Marcelo Odebrecht, o ex-tesoureiro do PT João Vaccari, os marqueteiros João Santana e Mônica Moura, ex-diretores da Petrobras e ex-executivos do grupo Odebrecht.

Na sentença, Moro ressalta que Palocci não tem antecedentes, uma vez que ainda não foi condenado em outros processos nos quais é acusado. O juiz ressalta, no entanto, que deve ser considerado negativamente o fato dos valores desviados terem envolvido pagamentos de serviços em campanhas eleitorais. “A contaminação com recursos do crime do processo político democrático é o elemento mais reprovável do esquema criminoso da Petrobras”, escreveu na sentença o magistrado.

De acordo com as delações do grupo Odebrecht, que o juiz avalia terem sido corroboradas por provas, o ex-ministro interferiu nas decisões do governo federal em favor da empresa, em troca de recursos para as campanhas do PT. Seria ele o “Italiano”, codinome ao qual são associados repasses de valores nas planilhas encontradas pela Polícia Federal durante ações na empresa, nas casas e escritórios de executivos. Nas suas alegações finais, Palocci negou as acusações e pediu a absolvição.

Festival América do Sul terá patrocínio da Lei Rouanet

                                          Foto:Dvulgação

O Fasp (Festival América do Sul Pantanal) deste ano contará com R$ 2,4 milhões do Pronac (Programa Nacional de Apoio à Cultura), do Ministério da Cultura. O anúncio foi feito pelo secretário estadual de Cultura e Cidadania, Athayde Neri, em visita a Corumbá, para os festejos do Banho de São João, tradicional festa da cidade.

De acordo com o secretário, “esta captação de recursos pela Lei Rouanet nos permitirá realizar um grande festival, retirando um pouco dos ombros do Estado e do Município essa responsabilidade de disponibilizar recursos próprios em tempos de crise, e também pensar em um evento realmente de construção dessa ponte com a América do Sul”, disse Athayde Neri.

O festival, realizado anualmente em Corumbá, está programado para acontecer em novembro. Nesta edição, que comemora os 40 anos de criação de Mato Grosso do Sul, haverá mais de 60 atrações culturais.

Segundo Neri, essa edição do Fasp vai agregar a cultura pantaneira, a fim de mostrar para ao Brasil a diversidade encontradas no estado, além de destacar o valor histórico de Corumbá.

domingo, 25 de junho de 2017

Agenda Câmara Federal para semana



Agência Brasil                      Foto;Divulgação



SEGUNDA-FEIRA (26)

8 horas
Representação Brasileira no Parlamento do Mercosul
Reuniões do Parlamento do Mercosul: sessão ordinária, reunião da Mesa Diretora e reunião das comissões permanentes.
Edifício Sede do Parlamento do Mercosul, Montevidéu, Uruguai

10 horas
Sessão Solene
Homenagem ao Dia Nacional do Quadrilheiro Junino.
Plenário Ulysses Guimarães

14 horas
Comissão de Relações Exteriores e de Defesa Nacional
Subcomissão especial destinada a discutir e propor alterações nos códigos Penal e de Processo Penal Militar.
Seminário para colher sugestões e debater propostas para subsidiar a reforma dos códigos Penal e de Processo Penal Militar.
Assembleia Legislativa do Ceará, em Fortaleza

14 horas
Debates em Plenário
Plenário Ulysses Guimarães

14h30
Comissão Especial Escola Sem Partido (PL 7180/14)
Seminário.
Auditório Fernando Falcão - Assembleia Legislativa do Maranhão, São Luís

TERÇA-FEIRA (27)

9h30
Comissão de Seguridade Social e Família
Fórum: Instituir a Política Nacional de Prevenção do Diabetes
Foram convidados, entre outros, representantes do Conselho Nacional de Secretarias Municipais de Saúde (Conasems) e da Sociedade Brasileira de Diabetes.
O evento será interativo. Os cidadãos podem participar enviando perguntas e comentários pelo portal e-Democracia.
Plenário 7

10 horas
Comissão Especial sobre Planos de Saúde (PL 7419/06)
Audiência pública para discutir a Lei 9.656/98, que dispõe sobre os planos e seguros privados de assistência à saúde. Logo após, haverá votação de requerimentos.
Foram convidados, entre outros, representantes do Centro Brasileiro de Estudos de Saúde e da Associação Nacional dos Hospitais Privados (ANAHP).
Plenário 11

10 horas
Comissão Especial do Sistema Penitenciário
Reunião de trabalho com objetivo de propor medidas para a modernização e reestruturação do sistema penitenciário.
Foram convidados o professor e pesquisador do Programa de Pós-Graduação em Sociologia da Universidade Federal de Pernambuco (UFPE) José Luiz Ratton; o coordenador nacional da Pastoral Carcerária, Valdir Silveira; e o professor do Uniceub Paulo Thompson Flores.
Sala 175-B, anexo 2

11 horas
Sessão Solene do Congresso
Homenagem aos 40 anos de fundação da Igreja Universal do Reino de Deus.
Plenário Ulysses Guimarães

14 horas
Comissão de Trabalho, de Administração e Serviço Público
Audiência pública para debater o PL 3831/15, que trata da negociação coletiva na administração pública direta, nas autarquias e nas fundações públicas dos poderes da União, dos estados, do Distrito Federal.
Foram convidados, entre outros, o presidente do Conselho Executivo da Associação Nacional dos Auditores Fiscais da Receita Federal do Brasil (Anfip), Vilson Antonio Romero; e o presidente do Sindicato Nacional dos Funcionários do Banco Central (Sinal), Jordan Alisson Pereira.
O evento será interativo. Os cidadãos podem participar enviando perguntas e comentários pelo portal e-Democracia.
Plenário 14

14 horas
Comissões de Meio Ambiente e Desenvolvimento Sustentável; e de Agricultura, Pecuária, Abastecimento e Desenvolvimento Rural
Audiência pública para discutir o saneamento ambiental rural, em especial os setores de água e esgoto.
Foram convidados representantes da Fundação Nacional de Saúde (Funasa) e da Caixa Econômica Federal.
O evento será interativo. Os cidadãos podem participar enviando perguntas e comentários pelo portal e-Democracia.
Plenário 8

14 horas
Comissão Mista de Orçamento
Audiência pública para discutir o Projeto de Lei de Diretrizes Orçamentárias (LDO) de 2018.
Foi convidado o ministro do Planejamento, Desenvolvimento e Gestão, Dyogo Oliveira.
Plenário 2

Após a audiência pública
Comissão Mista de Orçamento
Eleição dos vice-presidentes da comissão.
Plenário 2

14 horas
Comissão de Integração Nacional, Desenvolvimento Regional e da Amazônia
Votação de projetos e requerimentos.
Local a definir

14h30
Comissões de Relações Exteriores e de Defesa Nacional; e de Direitos Humanos e Minorias
Audiência pública para apresentar as prioridades e diretrizes da política externa brasileira.
Foi convidado o ministro das Relações Exteriores, Aloysio Nunes Ferreira.
Plenário a definir

14h30
Comissão Especial Cultura da Paz
Audiência pública sobre o tema.
Foram convidados, entre outros, o preletor da Seicho-No-Ie do Brasil, Milton Yuki; e a pesquisadora representante do Instituto Igarapé, Michele Gonçalves dos Ramos.
Plenário 14

14h30
Comissão Especial sobre Revisão das Medidas Educativas do ECA (PL 7197/02)
Audiência pública sobre o tema.
Foram convidados, entre outros, o representante da Diretoria de Advocacy e da Coordenação do projeto Prioridade Absoluta, Renato Godoy; e o psicólogo Fábio Silvestre.
Plenário 5

14h30
Comissão Especial sobre Remuneração dos Agentes Comunitários de Saúde (PEC 22/11)
Audiência pública e votação de requerimentos.
Foram convidados, entre outros, representantes do Conselho Nacional de Secretários de Saúde (Conass) e da Confederação Nacional dos Agentes Comunitários de Saúde (Conacs).
Plenário 8

14h30
Comissão Especial sobre Código de Processo Penal (PL 8045/10)
Apresentação do parecer pelo deputado Rubens Pereira Júnior (PCdoB-MA), relator-parcial sobre os artigos 165 a 320 do PL 8045/10 e dos apensados e das emendas que se referem a esses artigos; e votação de requerimentos.
Plenário 3

14h30
Comissão Mista sobre a MP 774/17
Medida provisória que trata da contribuição previdenciária sobre a receita bruta.
Continuação da apreciação de relatório do senador Airton Sandoval (PMDB-SP).
Plenário 2 da ala Nilo Coelho, no Senado

14h30
Comissão Especial sobre Unificação das Polícias Civil e Militar
Votação de requerimentos.
Plenário 4

14h30
Comissão de Constituição e Justiça e de Cidadania
Votação de projetos e requerimentos.
Plenário 1

15 horas
Colégio de Líderes
Reunião para discutir a pauta de votação da semana.
Sala de reunião da Presidência

15 horas
Comissão Especial sobre Sistema Penitenciário
Audiência pública para discutir medidas de reestruturação e modernização do sistema penitenciário brasileiro.
Foram convidados, entre outros, o presidente do Instituto Brasileiro de Ciências Criminais (IBCCRIM), Cristiano Maronna; o professor de Direito Penal, ex-secretário de Administração Penitenciária do Maranhão e autor de diversos livros na área de execução penal, Sérgio Tamer.
Após a audiência, haverá votação de requerimentos.
Plenário 6

15 horas
Comissão Especial Escola Sem Partido (PL 7180/14)
Audiência pública sobre o tema e votação de requerimentos.
Foram convidados: a estudante de Comunicações em Mídias Digitais da Universidade Federal da Paraíba (UFPB) Kessia Dutra e o professor da PUC-GO Jean Marie Lambert.
Local a definir

15 horas
Comissão Especial sobre Criação de Municípios (PLP 137/15)
Reunião interna para definição do cronograma de trabalho da comissão.
Sala 175-B, anexo 2

15 horas
Comissão Especial sobre PEC que Veda Coligação Partidária em Eleições (PEC 282/16)
Definição do roteiro de trabalho e votação de requerimentos.
Plenário 11

16 horas
Votações em Plenário
Pauta que inclui, entre outros itens, a Medida Provisória 759/16, sobre regularização fundiária em áreas urbanas e rurais.
Plenário Ulysses Guimarães

16h30
Comissões de Segurança Pública e Combate ao Crime Organizado; e de Agricultura, Pecuária, Abastecimento e Desenvolvimento Rural
Audiência pública para debater as questões referentes às invasões de propriedades rurais e à escalada da violência no campo.
Foram convidados, entre outros, os ministros da Justiça e Segurança Pública, Torquato Jardim; e do Desenvolvimento Social e Agrário, Osmar Terra; e a procuradora federal de Direitos Humanos, Deborah Duprat.
Plenário 6

16h30
Comissão Externa sobre Fiscalização da Concessionária ECO 101 - BR 101/ES
Reunião interna para tratar do licenciamento do Ibama e dos graves acidentes que ocorreram na BR-101.
Sala 176-A, anexo 2

QUARTA-FEIRA (28)

8 horas
Comissão de Educação
Ciclo de Palestras: Índice de Governança Municipal com foco na Educação.
Plenário 10

8h30
Comissão de Defesa dos Direitos da Pessoa Idosa
4a Conferência Intergovernamental sobre envelhecimento e direitos humanos das pessoas idosas na América Latina e no Caribe.
Assunção - Paraguai

9h30
Comissão de Defesa do Consumidor
Votação de projetos e requerimentos.
Plenário 8

9h30
Comissão de Minas e Energia
Votação de projetos e requerimentos.
Plenário 14

9h30
Comissão de Constituição e Justiça e de Cidadania
Reunião extraordinária para votação da PEC 227/16, do deputado Miro Teixeira (Rede-RJ), que prevê eleições diretas no caso de vacância da Presidência da República, exceto nos seis últimos meses do mandato.
Plenário 1

Após a reunião extraordinária
Comissão de Constituição e Justiça e de Cidadania
Itens remanescentes da reunião anterior.
Plenário 1

9h30
Comissão de Desenvolvimento Econômico, Indústria, Comércio e Serviços
Eleição do 2º vice-presidente e deliberação de projetos e requerimentos.                                                                 Plenário 5

9h30
Comissão de Viação e Transportes
Votação de requerimentos.
Plenário 11

10 horas
Comissão de Finanças e Tributação
Votação de projetos e requerimentos.
Plenário 4

10 horas
Comissão do Meio Ambiente e Desenvolvimento Sustentável
Votação de projetos e requerimentos.
Plenário 2

10h30
Comissão de Relações Exteriores e de Defesa Nacional
Exposição por videoconferência do diretor-geral da Organização Mundial do Comércio (OMC), Roberto Azevêdo, que falará de Genebra, na Suíça, sobre avanços recentes e oportunidades para o Brasil na OMC.
Plenário 3

10 horas
Comissão de Agricultura, Pecuária, Abastecimento e Desenvolvimento Rural
Votação de projetos e requerimentos.
Plenário 6

10 horas
Comissão de Fiscalização Financeira e Controle
Pauta a definir.
Plenário 9

10 horas
Comissão de Educação
Votação de projetos e requerimentos.
Plenário 10

10 horas
Comissão de Trabalho, de Administração e Serviço Público
Votação de projetos e requerimentos.
Plenário 12

10 horas
Comissão de Ciência e Tecnologia, Comunicação e Informática
Votação de projetos e requerimentos
Plenário 13

10 horas
Comissão de Desenvolvimento Urbano
Votação de projetos e requerimentos.
Plenário 16

Após a reunião ordinária
Comissão de Desenvolvimento Urbano
Audiência pública para discutir a gestão democrática das cidades no âmbito da atuação do Ministério das Cidades.
Foram convidados, entre outros, o secretário executivo do Ministério das Cidades, Marco Aurélio de Queiroz Campos; o representante do Movimento Nacional de Luta pela Moradia, Miguel Lobato; e o representante da Associação Nacional de Serviços Municipais de Saneamento (Assemae), Sílvio José Marques.
Plenário 16

11 horas
Comissão de Fiscalização Financeira e Controle
Audiência pública para discutir as possibilidades de controle das contas públicas usando dados abertos.
Foram convidados, entre outros, o secretário-geral da ONG Contas Abertas, Francisco Gil Castello Branco Neto; e o diretor do Laboratório Hacker da Câmara dos Deputados, Cristiano Ferri.                                                                 O evento será interativo. Os cidadãos podem participar enviando perguntas e comentários pelo portal e-Democracia.
Plenário 9

11 horas
Comissão de Viação e Transportes
Audiência pública para debater a situação do Programa Federal de Aeroportos Regionais, inserido no Fundo Nacional de Aviação Civil.
Foram convidados, entre outros, os ministros dos Transportes, Portos e Aviação Civil, Maurício Quintella Lessa; e do Planejamento, Orçamento e Gestão, Dyogo Oliveira; e o subsecretário de Transportes do Rio de Janeiro, Delmo Pinho.
Plenário 11

11 horas
Comissão de Defesa dos Direitos da Mulher
Votação de projetos e requerimentos.
Plenário a definir

11h30
Comissão Especial sobre Regime Especial de Pagamento de Precatórios (PEC 212/16)
Instalação e eleição do presidente e dos vice-presidentes.
Plenário 14

12 horas
Comissões de Relações Exteriores e de Defesa Nacional; de Segurança Pública e Combate ao Crime Organizado; de Seguridade Social e Família; e de Trabalho, Administração e Serviço Público
Audiência pública para debater as prioridades e diretrizes da política de defesa nacional.
Foi convidado o ministro da Defesa, Raul Jungmann.
Plenário 3

14 horas
Comissão Especial do Código de Processo Penal (PL 8045/10)
Apresentação do parecer do deputado Rodrigo Pacheco (PMDB-MG), relator-parcial dos artigos 1º a 164 do PL 8045/10 e dos apensados e das emendas que a eles se referem.
Local a definir

14 horas
Comissão de Direitos Humanos e Minorias
Pauta a ser definida.
Plenário 9

14 horas
Comissão de Defesa dos Direitos das Pessoas com Deficiência
Votação de projetos e requerimentos.
Plenário 13

14 horas
Comissão do Esporte
Votação de projetos e requerimentos.
Plenário 4

14h30
Comissão Mista sobre a MP 778/17
Medida provisória que prevê o parcelamento da dívida previdenciária de estados e municípios.
Audiência pública.
Foram convidados, entre outros, representantes da Confederação Nacional dos Municípios e da Frente Nacional dos Prefeitos.
Plenário 2 da ala Nilo Coelho, no Senado

14h30
Comissão Especial sobre Senador/Governador Brasileiro Nato (PEC 306/17)
Instalação e eleição do presidente e dos vice-presidentes.
Plenário 1

14h30
Comissão Especial sobre a Lei de Responsabilidade Educacional (PL 7420/06)
Continuidade da discussão e votação do parecer do relator.
Plenário a definir

14h30
Comissão Externa sobre Consumo de Drogas entre os Jovens no Brasil
Exposição do deputado Givaldo Carimbão (PHS-AL) sobre estudo realizado pela Comissão Especial de Políticas Públicas de Combate às Drogas; e votação de requerimentos.
Plenário a definir

14h30
Comissão de Cultura
Votação de projetos e requerimentos.
Plenário 10

14h30
Comissão Especial sobre Linhas de Crédito às Santas Casas (PL 7606/17)
Instalação e eleição do presidente e dos vice-presidentes.
Plenário 7

15 horas
Comissão de Educação
Subcomissão permanente destinada a acompanhar a consolidação do texto da Base Nacional Comum Curricular (BNCC) e a Reformulação do Ensino Médio no País
Reunião técnica para definição do plano de trabalho da subcomissão.
Foram convidados, entre outros, o secretário de Educação do DF e coordenador do grupo de trabalho de Ensino Médio no Conselho Nacional de Secretários de Educação (Consed), Júlio Gregório Filho; e a coordenadora de Relações Governamentais do Movimento Todos pela Educação (TPE), Carolina Fernandes.
Sala da Presidência da comissão

15h30
Comissão Especial sobre Planos de Saúde (PL 7419/06)
Audiência pública para discutir a Lei 9.656/98, que dispõe sobre os planos e seguros privados de assistência à saúde.
Foram convidados, entre outros, a professora adjunta da Universidade Federal do Rio de Janeiro, Ligia Bahia; e representante da Federação Nacional dos Médicos (Fenam).

16 horas
Comissão de Fiscalização Financeira e Controle
Palestra: Dados Abertos, Inteligência Artificial e Controle Social, com a desenvolvedora de software Yasodara Cordova.
O evento será interativo. Os cidadãos podem participar enviando perguntas e comentários pelo portal e-Democracia.
Auditório Nereu Ramos

16 horas
Votações em Plenário
Proposições remanescentes do dia anterior.
Plenário Ulysses Guimarães

16h30
Comissão de Segurança Pública e Combate ao Crime Organizado
Audiência pública para discutir o sucateamento das polícias civis de São Paulo e do Distrito Federal, da polícia judiciária, e as consequências para a população.
Foram convidados, entre outros, os presidentes do Sindicato dos Delegados de Polícia de São Paulo (Sindpesp), Raquel Kobashi Gallinati; e da Associação dos Agentes Policiais Civis de São Paulo (Agepol), Nelson de Jesus Leone.
Plenário 6

QUINTA-FEIRA (29)

8h30
Comissões de Integração Nacional, Desenvolvimento Regional e da Amazônia; e de Viação e Transportes
Audiência pública para debater o Programa de Desenvolvimento da Aviação Regional.
Foi convidado o secretário nacional de Aviação Civil, Dario Rais Lopes.
Plenário 15

9 horas
Comissão de Meio Ambiente e Desenvolvimento Sustentável
Audiência pública para debater o evento internacional Brasília Agroecológica 2017.
Foram convidados, entre outros, o coordenador de Agroecologia da Empresa de Assistência Técnica e Extensão Rural do Distrito Federal (Emater), Roberto Guimarães Carneiro; e o presidente da Câmara Legislativa do Distrito Federal, deputado Joe Valle (PDT).                                                                                                                               O evento será interativo. Os cidadãos podem participar enviando perguntas e comentários pelo portal e-Democracia.
Plenário 8

9 horas
Votações em Plenário
Propostas remanescentes do dia anterior e análise de acordos internacionais.
Plenário Ulysses Guimarães

9h30
Comissão de Desenvolvimento Econômico, Indústria, Comércio e Serviços
Audiência pública para discutir o impacto dos juros altos sobre a inflação.
Foram convidados, entre outros, o ministro da Fazenda, Henrique Meirelles; e o presidente do Banco Central, Ilan Goldfajn.
Plenário 5

9h30
Comissão Especial sobre PEC que Torna Permanente o Fundeb/Educação (PEC 15/15)
Audiência pública sobre o tema e votação de requerimentos.
Foram convidados o representante do Conselho Nacional de Educação (CNE), Cesar Russi Callegari; o coordenador do Fórum Nacional de Educação (FNE), Heleno Araújo Filho; e a presidente da União dos Conselhos Municipais de Educação (Uncme), Gilvânia da Conceição Nascimento.
Plenário 14

10 horas
Comissão de Constituição e Justiça e de Cidadania
Itens remanescentes da reunião anterior.
Plenário 1

10 horas
Sessão Solene
Homenagem aos 27 Anos do Instituto Nacional do Seguro Social (INSS).
Plenário Ulysses Guimarães

10 horas
Comissão de Cultura
Audiência pública para debater os mecanismos de incentivo aos festivais de música independente e dialogar sobre a importância desses eventos para a cultura local, nacional e para o turismo.
Foram convidados, entre outros, os produtores do Goiânia Noise Festival, Leonardo Razuk; e do Porão do Rock, Gustavo Sá.
Plenário 9

14 horas
Debates em Plenário
Plenário Ulysses Guimarães

SEXTA-FEIRA (30)

9 horas
Debates em Plenário
Plenário Ulysses Guimarães

9 horas
Comissão de Viação e Transportes
Visita técnica ao Porto de Itaguaí (RJ), a fim de proporcionar conhecimento mais detalhado sobre as instalações do porto e possíveis soluções diante de embaraços como infraestrutura, logística, entre outros.
Porto de Itaguaí/RJ

9 horas
Comissão de Defesa dos Direitos da Pessoa Idosa
4a Conferência Intergovernamental sobre Envelhecimento e Direitos Humanos das Pessoas Idosas na América Latina e no Caribe.
Assunção - Paraguai

14 horas
Comissão de Viação e Transportes
Mesa-redonda para discutir o Convênio de Delegação 8/12, firmado entre a Secretaria de Aviação Civil e a prefeitura de Resende, além de outras providências, como a criação de um novo modal aeroviário para a região.
Câmara de Diretores Lojistas de Resende (RJ)

15 horas
Sessão Solene
Homenagem ao Dia do Orgulho LGBT.
Plenário Ulysses Guimarães

Agenda: ALMS tem reunião de CPI e comemoração de 100 anos do Dr. Wilson


ALMS


Sessões solenes e plenárias, reuniões das comissões permanentes e da Comissão Parlamentar de Inquérito (CPI) das Irregularidades Fiscais e Tributárias de MS, além de outros debates estão na programação de atividades da Assembleia Legislativa de Mato Grosso do Sul (ALMS) entre os dias 26 e 30 de junho.

Segunda-feira (26), às 15h, o presidente Junior Mochi (PMDB) deverá se reunir com a Comissão de Aprovados no Concurso Público de Provas e Títulos para provimento de cargos, na Presidência. Saiba mais clicando aqui. No mesmo dia, às 19h30, haverá Sessão Solene em Celebração dos 100 anos do Dr. Wilson Barbosa Martins, comemorados esta semana. O centenário de vida do ex-governador também é tema de documentário que será exibido pela TV Assembleia.

Terça-feira (27), a programação da Casa de Leis começa com reunião ordinária da Comissão de Constituição, Justiça e Redação (CCJR), às 8h, no Plenarinho Deputado Nelito Câmara. Os deputados membros da comissão analisam a legalidade e a constitucionalidade dos projetos em tramitação no Legislativo, antes da votação em Plenário. Às 9h, haverá sessão ordinária para votações e deliberações, no Plenário Deputado Júlio Maia. À noite, a partir das 19h, personalidades com reconhecida atuação em Mato Grosso do Sul receberão a Comenda Coronel Pedro José Rufino, durante sessão solene proposta pelo deputado Junior Mochi.

 quarta-feira (28), além da sessão plenária, às 9h, estão previstos dois eventos. Às 14h, no Plenário Deputado Júlio Maia, cerimônia para entrega da Comenda e Diploma de Honra ao Mérito Legislativo Amigo do Idoso. A proposição é do deputado Renato Câmara (PMDB), coordenador da Frente Parlamentar em Defesa dos Direitos da Pessoa Idosa. Às 15h30, no Plenarinho, haverá reunião da CPI das Irregularidades Fiscais e Tributárias de MS, presidida pelo deputado Paulo Corrêa (PR).

A Comissão Permanente de Saúde da ALMS se reunirá às 8h de quinta-feira, no Plenarinho, para análise do mérito de matérias que serão apreciadas em plenário em segunda votação. O grupo de trabalho é presidido pelo deputado Dr. Paulo Siufi (PMDB).

Às 14h, no mesmo local, o deputado Beto Pereira (PSDB) conversará com representantes da concessionária Porto Morrinho, que administra a ponte sobre o Rio Paraguai, em Corumbá. Segundo a assessoria parlamentar, deverão ser discutidas providências para a manutenção na ponte.